Grupo ETE Dona Tututa refit

Dona Tututa: eis o novo navio da CV Interilhas, que chegará a Cabo Verde em Junho

Marítimo Comentários fechados em Dona Tututa: eis o novo navio da CV Interilhas, que chegará a Cabo Verde em Junho 594
Tempo de Leitura: 2 minutos

Dona Tututa é o nome do novo navio da CV Interilhas e que homenageia a grande pianista e compositora cabo-verdiana, Epifania de Freitas Silva Ramos Évora, nascida no Mindelo na Ilha de S.Vicente, tendo desenvolvido toda a sua carreira, onde se destacou, na Ilha do Sal.

Conhecida por Dona Tututa ou Tututa Évora, desafiou a cultura através da combinação da sua formação em música clássica com a música cabo-verdiana, tendo ainda sido impulsionadora da igualdade de género dos cidadãos artistas de Cabo Verde. O navio chegará a Cabo Verde em Junho.

Na escolha do nome do navio, manteve-se presente aquele que é o compromisso da empresa CV Interilhas «em aproximar os cabo-verdianos, bem como em manter presente a identidade de um país que, de forma ímpar, tem registado um desenvolvimento ascendente. Algo que a empresa reforça, naquela que é também a sua missão: construir um sistema de transporte marítimo inter-ilhas, sólido, com navios seguros e fiáveis, proporcionando a cada vez mais notória, coesão territorial», pode ler-se no comunicado do Grupo ETE, ao qual tivemos acesso.

Navio Dona Tututa chegará a Cabo Verde no mês de Junho

O novo navio da CV Interilhas tem chegada prevista a Cabo Verde no próximo mês de Junho e encontra-se, actualmente em Portugal, no estaleiro Navaltagus (que pertence ao grupo Grupo ETE), já em fase de conclusão do processo de refit de que tem sido alvo.

A adequação aos standards internacionais do mercado – que tem sido acompanhada pela exigente sociedade classificadora ABS (American Bureau of Shipping) – e aos requisitos da bandeira de Cabo Verde, foram o foco de intervenção nos estaleiros do Grupo ETE.

O novo navio traz consigo mais capacidade de carga (220 passageiros, 43 viaturas ou 11 atrelados de 15 metros), mais conforto para os passageiros e maior acomodação para os16 tripulantes. Características que são destacadas pela CV Interilhas, como «um forte contributo para o crescimento sustentado da operação de passageiros em Cabo Verde», pode ainda ler-se no comunicado enviado às redacções.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com