virgin hyperloopt one

DP World e Virgin Hyperloop associam-se para criar a revolucionária DP World Cargospeed

Logística, Terrestre Comentários fechados em DP World e Virgin Hyperloop associam-se para criar a revolucionária DP World Cargospeed 329
Tempo de Leitura: 2 minutos

A operadora de terminais emiradense DP World e a Virgin Hyperloop One, liderada pelo magnata britânico Richard Branson, anunciaram a criação de uma nova companhia: a DP World Cargospeed, uma entidade global que proporcionará sistemas de carga adaptados para retirar os proveitos da tecnologia Hyperloop, rumo a uma entrega de cargas paletizadas mais «rápida, sustentável e eficiente».



De acordo com a DP World, este passo dado pela companhia árabe, em sintonia com a Virgin Hyperloop One, trata-se da primeira iniciativa do género, capaz de providenciar «serviço excepcional para mercadorias de alta prioridade, entregando a carga na velocidade do voo a um custo próximo ao do oferecido pelo transporte rodoviário», afirmou a companhia durante a apresentação da DP World Cargospeed.

DP World investe em força no Hyperloop para «moldar o futuro»

«Os Emirados Árabes Unidos é um país que anseia por ser protagonista em moldar o futuro; ser pioneiro significa tomar decisões ousadas que abram caminho para a adopção de soluções inovadoras. Temos grandes aspirações porque temos mentalidades ilimitadas e a confiança de que podemos alcançar tudo o que nos propusermos fazer», comentou o Sheikh Mohammed bin Rashid, na sequência da divulgação da parceria.

«A carga sempre foi o catalisador de revoluções no transporte. Fizemos um investimento significativo na Virgin Hyperloop One porque vemos a necessidade de uma rede de carga habilitada para o hyperloop de entregas rápidas em todo o mundo. Acreditamos na visão de longo prazo da Virgin Hyperloop One, são o parceiro certo para moldar o futuro da logística global», declarou, durante a cerimónia, o sultão Ahmed Bin Sulayem.

DP World Cargospeed: Uma adaptação vital ao padrão de consumo do século XXI

Já Richard Branson, que também marcou presença no evento, «o crescimento global do comércio electrónico conduziu a uma mudança radical no comportamento do consumidor e do negócio», sendo essencial que a esfera logística se adapte às novas exigências de um padrão de consumo cada vez mais veloz, automático e interdependente, explicou.



Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com