Hapag-Lloyd quer navios maiores em Hamburgo e enfatiza importância da dragar o Elba

Marítimo Comentários fechados em Hapag-Lloyd quer navios maiores em Hamburgo e enfatiza importância da dragar o Elba 624
Tempo de Leitura: 2 minutos

Através de um comunicado oficial, a operadora marítima Hapag-Lloyd abordou o tema do aprofundamento e alargamento do Rio Elba, sensibilizando a comunidade marítimo-portuária alemã (e, mais especificamente, a da região de Hamburgo) para a importância que a dragagem aprofundada do rio terá na captação do tráfego de navios de maiores dimensões no Porto de Hamburgo – principalmente porta-contentores.


Acesso dos novos porta-contentores ao Porto de Hamburgo será facilitado

Apoiando o projecto de aprofundamento da parte situada entre o Baixo Elba e o Mar do Norte (numa extensão de cerca de 120 quilómetros), a transportadora alemã sublinhou que o objectivo é o de «tornar mais fácil o acesso à cidade por parte da nova geração de porta-contentores» e enfatizou a quase unanimidade da empreitada: a comunidade portuária, as câmaras da indústrias e do comércio, as regiões de Kiel, Hannover e Hamburgo – com algumas reservas dentro do Partido Verde – são a favor de um rio mais profundo. A Hapag-Lloyd também».

Para Rolf Habben Jansen, CEO da empresa, o projecto tem tudo para beneficiar Hamburgo e as suas envolvências empresariais: «Para além do aprofundamento do rio, trata-se também de alargar o canal navegável. Estas medidas tornarão mais fácil a entrada e saída dos novos navios no porto»: logo, mais movimento, mais contentores, menos custos e menores tempos de trânsito. A fusão com a UASC (a Hapag-Lloyd herda uma frota mais jovem, com vários navios de 20.000 TEU) também torna urgente a intervenção no Rio Elba, explica o comunicado.

Köhlbrand Bridge também permitirá trânsito de ULCV’s da nova geração

Depois de concluídos os trabalhos, os navios com calados de 14,5 metros poderão navegar a via, um incremento face aos 13,5 metros permitidos actualmente; e, para garantir a segurança dos navios durante instabilidades marítimas, a via navegável de acesso terá de ser dragada até aos 19 metros abaixo do nível do mar. A concorrer para a melhoria da acessibilidade está também a nova ponte móvel, apelidada de ‘Köhlbrand Bridge’ – esta tornará possível aos novos navios a passagem pelo canal, pois passará a subir dos 53 metros para os 73,5 metros.

Tribunal Federal de Leipzig já aprovou dragagens

«O Porto de Hamburgo tem de ser facilmente percorrido, seja por água seja por terra. É assim que o porto permanecerá competitivo», acrescentou o CEO da companhia marítima. Recorde-se que a dragagem do Elba tem estado envolta em despiques políticos, com várias associações a criticar os efeitos da intervenção no meio ambiente; apesar das queixas, as instâncias jurídicas aprovaram o projecto, rejeitando os indícios de perturbação ambiental causados pela dragagem e pelo trânsito de navios de grandes dimensões.



Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com