EASA quer regulação europeia para segurança nas operações de drones

Aéreo, Logística Comentários fechados em EASA quer regulação europeia para segurança nas operações de drones 247
Tempo de Leitura: 1 minutos

O uso de drones para operações comerciais deu mais um passo importante esta segunda-feira, com a European Aviation Safety Agency (EASA) a publicar uma proposta para regulação da operação de pequenos drones.

Segurança é prioridade

Na sua proposta, a EASA teve em conta não só as questões de segurança mas também o potencial dos aparelhos aéreos autónomos para a agilização e o crescimento da indústria, tendo em particular consideração a segurança das pessoas em terra mas também de outras aeronaves – isto para além de questões como a privacidade ou a protecção de dados.

drones macroUniformização à escala comunitária

A proposta da EASA sugere o registo obrigatório para os operadores de drones com mais de 250 gramas, combinando a legislação do produto com a legislação da aviação – aplicando requisitos de design para pequenos drones com base numa legislação europeia, disponibilizando produtos uniformizados à escala comunitária.

Para além disso, a proposta da EASA defende ainda alguma flexibilidade para cada estado-membro, nomeadamente para que possam definir zonas proibidas para operação ou introduzir algumas flexibilizações ligeiras na legislação.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com