navios Portugal

EISAP: «crescente insatisfação» de armadores pode levar fuga de navios para outros registos

Marítimo Comentários fechados em EISAP: «crescente insatisfação» de armadores pode levar fuga de navios para outros registos 346
Tempo de Leitura: 2 minutos

Em matéria noticiosa avançada pelo ‘Jornal Económico‘, a European International Shipowners Association of Portugal (EISAP) deixou alertas para a crescente insatisfação de armadores com navios que arvoram a bandeira portuguesa devido a facto de Portugal, releva a associação, não estar «a conseguir sequer acompanhar o standard de apoio e serviço” que a bandeira deveria conseguir disponibilizar à frota já registada em Portugal.

EISAP: perda de registo levará a perda de tonelagem e «peso político»

Ora, segundo alerta a EISAP, esta insatisfação poderá originar uma debandada para outros registos, levando a uma consequente perda de valor e de tonelagem registada com a bandeira portuguesa que conduzirá, inevitavelmente, a uma perda de peso político luso nas decisões internacionais de temas marítimos. Na visão da associação, Portugal não está a capitalizar, concorrencialmente, o potencial cenário positivo do Brexit e a «degradação de contextos específicos que envolvem algumas das principais bandeiras internacionais (onde se inserem as Europeias)».

As fugas de armadores do registo português encurtarão o «peso político» do país na discussão de assuntos ligados a um indústria que «assegura 95% da totalidade dos transportes de mercadorias à escala global», vinca a EISAP, citada pelo ‘Jornal Económico’. A associação de armadores reforça que «quanto mais tonelagem tivermos registada com a bandeira Portuguesa ‘mais peso político’ o país terá junto de entidades que definem toda a estratégia marítima mundial, nomeadamente da International Maritime Organisation (IMO)».

Apesar de reconhecer que Portugal «não terá a médio prazo capacidade de desenvolver uma indústria de transporte marítimo de carga com expressão a nível nacional», está no entanto ao alcance, do país, vinca a EISAP, atingir um posicionamento «como um hub de conhecimento e de serviço de referência e por essa forma atrair o interesse económico internacional de toda a indústria».

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com