caniçal governo regional da madeira apram JPP eisap emanifest

EISAP elogia resultado do MAR mas lembra: «É urgente alterar o Decreto-lei que enquadra o registo»

Marítimo Comentários fechados em EISAP elogia resultado do MAR mas lembra: «É urgente alterar o Decreto-lei que enquadra o registo» 244
Tempo de Leitura: 2 minutos

O Registo Internacional de Navios da Madeira (MAR) tem estado nas bocas do mundo: não apenas por se manter no pódio da União Europeia em termos de ranking de registos como também pela entrada da bandeira portuguesa no top-15 mundial de registos de navios (dados da OCDE), um feito que se deve ao crescimento sustentado do MAR desde 2013. A EISAP reagiu à notícia, alertando, contudo para o Decreto-Lei que enquadra o registo.

Aos elogios feitos pela Sociedade de Desenvolvimento da Madeira (SDM) à consistência e progresso do MAR (registo que se encontra sob a sua gestão) sucederam-se os da European International Shipowners Association of Portugal (EISAP), entidade que representa os armadores internacionais com navios registados em Portugal. Para a associação, o posicionamento da bandeira lusa é motivo de orgulho.

«Estamos felizes por Portugal ter sido elogiado pela OCDE, algo muito significativo e que é um reconhecimento ao trabalho feito na Madeira, pela SDM e pelo Governo Regional, nos últimos seis anos», comentou, ao jornal ‘Diário de Notícias da Madeira’, Jõrg Molzahn, membro da direcção da EISAP, para o qual estes novos dados reflectem o reconhecimento do trabalho feito pelas entidades e empresas na Madeira.

«Os armadores também deram o seu contributo, trazendo navios de qualidade e apostando no registo português», acrescentou Jõrg Molzahn, que não se esqueceu, contudo, de lembrar que existem ainda desafios a ultrapassar: «Neste momento, para continuar a crescer é obrigatório conseguir que o MAR penetre em mercados como o grego, conseguindo ainda gerar mais confiança no sistema internacional». Como poderá isso ser obtido?

Jõrg Molzahn explicou ao jornal madeirense: «É urgente alterar, em Lisboa, o Decreto-Lei que enquadra o registo, nomeadamente na questão das hipotecas, algo que a EISAP e a SDM vêm pugnando para que aconteça», respondeu. O pedido prende-se com a necessidade de legislação no que toca ao regime de hipotecas – a alteração defendida poderá levar o MAR a competir taco-a-taco com as maiores referências mundiais em termos de registo.

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com