Embraer e Boeing definem termos de ‘joint-venture’ para aumento da competitividade

Marítimo Comentários fechados em Embraer e Boeing definem termos de ‘joint-venture’ para aumento da competitividade 343
Tempo de Leitura: 1 minutos

A as construtoras aeronáuticas Embraer e Boeing anunciaram a obtenção de um «acordo não vinculativo» que «propõe a formação de uma joint-venture» incidindo sobre os serviços de aviação comercial da Embraer, em sintonia «com as operações de desenvolvimento comercial, produção, marketing e serviços de suporte da Boeing».



Boeing controlará 80% da nova empresa

Os termos definidos dão à Boeing 80% do capital da nova empresa e os restantes 20% à Embraer. A transacção avalia 100% das operações e serviços de aviação da Embraer em 4,75 mil milhões de dólares e estipula o pagamento de 3,8 mil milhões de dólares por banda da construtora americana pelos 80% de propriedade na parceria.

A nova empresa irá assim, de acordo com o conteúdo plasmado no acordo, fabricar e comercializar uma linha de aeronaves de passageiros e também apostará nos modelos virados para o transporte de mercadorias. A joint-venture será liderada por uma equipa de administração com sede no Brasil; a Boeing ficará a cargo do controlo operacional e da gestão da nova companhia.

Acordo aumentará a competitividade da Embraer e da Boeing

No comunicado que anuncia este passo estratégico, explica Nelson Salgado, vice-presidente executivo Financeiro e de Relações com Investidores da Embraer, que «os investimentos conjuntos» serão passíveis de ampliar « os benefícios mútuos e aumentarão ainda mais a competitividade» das duas companhias. Revela ainda o documento que o acordo definitivo para a criação da nova empresa deverá ser assinado até ao término no próximo ano.



Author

Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com