Empresas de Indústria e a Logística continuarão a apostar na indústria 4.0 em 2020

Empresas, Logística Comentários fechados em Empresas de Indústria e a Logística continuarão a apostar na indústria 4.0 em 2020 330
Tempo de Leitura: 2 minutos

A Hays, grupo líder mundial em recrutamento de profissionais qualificados, revelou, no Guia do Mercado Laboral 2020, que algumas empresas Indústria e Logística com estruturas menos complexas e pouco profissionalizadas estão a apostar em reforços, graças sobretudo ao impacto da Indústria 4.0 e à necessidade das empresas serem mais competitivas.

«A maioria das empresas estão a apostar na Indústria 4.0»

Camila Souto

«A maioria das empresas estão a apostar na Indústria 4.0, porém há uma grande dificuldade em recrutar perfis com as competências necessárias. Existe um claro gap no mercado de profissionais com skills de robótica e automação», comentou Camila Souto, Team Leader da Hays Portugal.

Grande parte das indústrias estão a começar a apostar em inovação tecnológica, digitalização e automatização os seus processos, o que leva a uma necessidade de recrutar perfis capazes e com conhecimentos na área. Esta tendência impacta não só a nível de recrutamento, mas também na necessidade das empresas apostarem na formação dos seus colaboradores para se adaptarem a este novo paradigma.

Determinados sectores continuam a aumentar os níveis de produção, o que leva ao reforço de equipas de produção. Por exemplo, a indústria farmacêutica, metalomecânica, equipamentos industriais continuam a apostar em novas unidades e expansões. Ao analisar os dados do inquérito dos profissionais deste sector verificou-se que 63% não negociaram o pacote salarial, 35% foram aumentados, 44% recusaram ofertas de emprego e 9% foram promovidos, em 2019.

2020 será ano de continuidade nas contratações para o sector da Logística

O ano de 2020 deverá ser um ano de continuidade nas contratações para o sector da Indústria e Logística. Quanto às funções que irão movimentar o sector este ano são os cargos de Engenheiro de Automação e Robótica, Responsável de Manutenção e Supervisor de Produção. Para Camila Souto, «2020 poderá revela-se um ano de estabilização de valores salariais. No entanto, prevemos que as indústrias que estão ainda com pacotes salariais abaixo do mercado sintam a necessidade de subir por pressão do mercado, se quiserem atrair e reter os melhores talentos», explicou.

Perfis mais solicitados e os mais difíceis de identificar

Em 2019, houve uma necessidade de investimento e retenção no recrutamento para o sector de Indústria e Logística para perfis de Gestor de Produção, Gestor de Manutenção, Director de Fábrica, Facilities Manager, Especialista em Automação e Robótica, Supply Chain Manager, Engenheiro de Processos/ Industrialização e Engenheiro de Projectos. Verificou-se a dificuldade em identificar o perfil de Supervisores de Produção, Engenheiro de Automação e Robótica e Responsável de Manutenção.

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com