FICA ENIDH

ENIDH presente no Festival Internacional de Ciência: Sea2Future e MARineSIM em destaque

Marítimo Comentários fechados em ENIDH presente no Festival Internacional de Ciência: Sea2Future e MARineSIM em destaque 245
Tempo de Leitura: 3 minutos

Arrancou nesta Terça-feira, dia 12 de Outubro, e decorrerá até ao próximo dia 17: o primeiro Festival Internacional de Ciência realizado e organizado em Portugal (em Oeiras) está já em andamento e conta com a presença da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique (ENIDH).

O Festival Internacional de Ciência tem lugar no Palácio e Jardins do Marquês de Pombal e conta com mil horas de programação, 700 actividades e cerca de cem oradores. Trata-se de um festival que promete apresentar a ciência de forma acessível a todos, cruzando-a com a cultura e arte. A representação institucional da ENIDH será realizada conjuntamente com a DGPM, Docapesca, IPMA, EMEPC, no stand afecto ao Ministério do Mar.

A ENIDH estará representada no Festival Internacional de Ciência através de dois projectos vanguardistas, que têm tido cobertura jornalística da Revista Cargo: o Sea2Future e MARineSIM, que prometem despertar a curiosidade e conhecimento do publico. O evento será a forma ideal de cruzar os mundos da ciência e tecnologia, numa celebração de conhecimento, a curiosidade e a criatividade.

Recorde-se que o projecto de automação marítima ‘Sea2Future’ teve avanços significativos nos últimos meses, com a escola náutica a confirmar que se encontra na sua fase final, estando a embarcação autónoma USV-enautica1 quase pronta – o surgimento do novo coronavírus atrasou os trabalhos, mas, agora, o projecto encontra-se perto da sua conclusão. A ENIDH encontra-se também envolvida no MARineSIM, um projecto cujo âmbito se enquadra, mais do que nunca, nas necessidades prementes de um sector que se vê a braços com a carência de oficiais.

ENIDHTal como a Revista Cargo analisou aqui, existe, no enquadramento actual, uma grande falta de oficiais para a marinha mercante nacional e internacional. A situação não passou despercebida, por exemplo, no relatório da BIMCO/ICS (Conselho Marítimo e Internacional do Mar Báltico / Câmara Internacional da Indústria Marítima) de 2015 – mais de cinco anos depois, a problemática continua a agravar-se e a pandemia de COVID-19 apenas acentuou o fenómeno. Em 2025, deverá faltar cerca de 150.000 oficiais para a marinha mercante em todo o mundo.

O projecto visa a aquisição de um conjunto de simuladores marítimos de última geração, que incluirá: um simulador completo da instalação de propulsão de navios; uma sala de aula para treino com modelos de instalações propulsoras; um simulador de navegação por radar anti-colisão; um simulador visual de navegação; um simulador de navegação com cartas electrónicas; um simulador de operação de cargas líquidas (petroleiros, químicos e de gás liquefeito); um simulador de embarcações de sobrevivência e salvamento; o programa incluirá a melhoria da capacitação em formação de marítimos – Recursos Humanos, por meio do reforço de actividades de cooperação entre a ENIDH e as instituições parceiras da Noruega.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com