portos

ENIDH participa no projecto SMARTSEA, realizado em cooperação com 10 parceiros europeus

Marítimo Comentários fechados em ENIDH participa no projecto SMARTSEA, realizado em cooperação com 10 parceiros europeus 402
Tempo de Leitura: 2 minutos

A Escola Superior Náutica Infante D. Henrique (ENIDH) encontra-se activamente envolvida no projecto SMARTSEA do programa ERASMUS+, que irá realizar-se em cooperação com 10 parceiros europeus durante os próximos três anos.

A ENIDH está a participar no projecto através do CID – Centro de Investigação e Desenvolvimento, com o envolvimento dos professores: Rosa Marat-Mendes (Coordenadora do Projecto), Miguel Silva, Mário Assunção, Pedro Teodoro, Abel Simões, João Parente e Ana Cristina Pimentel.

O projecto Surveying & Maritime Internet of Things Education (SMARTSEA) tem como primacial missão criar um curso avançado de Mestrado certificado interactivo relacionado com aplicações marítimas (Maritime & Surveyor IoT) que formará alunos com as competências e conhecimentos necessários para trabalharem na crescente indústria ‘Smart Maritime & Surveying’, explicou a ENIDH.

O curso respeita as directrizes europeias do Sistema Europeu de Transferência e Acumulação de Crédito (ECTS) para reconhecimento de certificação em toda a União Europeia. O currículo é composto por métodos de ensino interactivos e parcerias com organizações académicas e marítimas especializadas, de forma a dar aos alunos os conhecimentos necessários para que possam iniciar uma carreira de sucesso na indústria.

A duração do curso é de 8 meses, mais uma experiência marítima de 1 mês (de trabalho), um mês após o fim do período de ensino. Durante o curso, estão previstos 3 períodos de mobilidade. Nos dois primeiros (14 dias), os estudantes e formadores de uma instituição de ensino irão viajar para o outra instituição de ensino e vice-versa, para participar em laboratórios de larga escala, enquanto o 3º período (1 mês) estará reservado para a formação marítima em contexto de trabalho. Embora o curso seja ministrado em inglês, serão leccionadas aulas na língua local para permitir aos participantes absorver a cultura local durante os períodos de mobilidade.

O curso estará aberto para participação de qualquer pessoa com conhecimentos técnicos básicos marítimos, eléctricos ou mecânicos. A prioridade será dada de acordo com o seu desempenho académico. No caso de nível académico equivalente, será dada preferência aos participantes de origens sócio-económicas menos favorecidas (incluindo refugiados, requerentes de asilo e migrantes).

O curso está aberto a inscrições para o próximo ano lectivo através do link: http://bit.ly/3kpPhxx

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com