ESPO espera forte contributo do novo CEF nos 48 mil milhões de euros necessários para os portos

Marítimo Comentários fechados em ESPO espera forte contributo do novo CEF nos 48 mil milhões de euros necessários para os portos 351
Tempo de Leitura: 1 minutos

A European Sea Ports Organisation (ESPO) deu o seu contributo na preparação do novo Connecting Europe Facility (CEF II), que será lançado para o período 2021-2028. A organização dos portos europeus realizou um estudo (que pode ver clicando na imagem ao lado) onde analisa as necessidades de investimento para os portos europeus nesse período, assim como a forma como os portos têm beneficiado dos recentes instrumentos de financiamento europeu.

A ESPO defende que os portos europeus terão de continuar a investir na sua modernização, na sua sustentabilidade e nas suas conexões e, no estudo liderado por Peter de Langen, Mateu Turró, Martina Fontanet e Jordi Caballé, estima que o sistema portuário do Velho Continente enfrente necessidades de investimento de 48 mil milhões de euros entre 2018-2027.

Sistema portuário terá de dar resposta a um conjunto de factores externos

Ainda segundo o estudo da ESPO, os investimentos necessários para os portos europeus são fruto, essencialmente, de factores externos como o crescimento dos fluxos de comércio, as novas tendências da indústria marítima, a descarbonização e as exigências ambientais, a digitalização, a automação, o desenvolvimento urbano ou os desafios de segurança.

Por outro lado, a ESPO analisou ainda os financiamentos comunitários aos portos, concluindo que o papel de relevo do sector não se espelha no dinheiro canalizado por Bruxelas.

Aceda AQUI ao estudo da ESPO denominado “The Infrastructure Investment needs and Financing Challenge of European Ports”.



Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com