Porto da Beira

Essar Ports assinou contrato de concessão do novo terminal de carvão no porto da Beira

Marítimo Comentários fechados em Essar Ports assinou contrato de concessão do novo terminal de carvão no porto da Beira 901
Tempo de Leitura: 2 minutos

A indiana Essar Ports já assinou o acordo com o Governo de Moçambique que lhe concede a concessão, para os próximos 30 anos, do novo terminal de carvão no porto da Beira.

O acordo assinado agora foi feito nos moldes de uma Parceria Público-Privada (PPP) e respeita o modelo de concessão DBOOT (Design, Build, Own, Operate and Transfer), através de uma subsidiária – a New Coal Terminal Beira, SA – que nasce de uma joint-venture entre a Essar (que detém 70%) e a Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM, que detém os restantes 30%).

«Queriamos congratular o Governo de Moçambique por esta iniciativa e por colaborar com a Essar num projecto tão prestigiado a nível nacional. Não só irá alavancar as exportações de carvão a partir de Moçambique e fortalecer a sua economia, como também trará benefícios significativos directos e indirectos», refere Rajiv Agarwal, CEO da Essar Ports.

O projecto prevê uma capacidade para 20 milhões de toneladas/ano no novo terminal, dividido em duas fases: uma primeira onde a capacidade será de 10 milhões de toneladas/ano e uma segunda onde duplicará.

A primeira fase do projecto terá um custo de 275 milhões de dólares.

Ligação ferroviária será uma mais-valia

Estima-se que Moçambique tenha reservas na ordem dos 23 mil milhões de toneladas de carvão, o que faz do país africano um dos principais exporadores deste produto à escala global. Países como a Índia, China, Japão e Coreia estão entre os principais destinos.

O novo terminal terá ligação directa à região de Tete por ferrovia – uma ligação que recentemente foi melhorada pelo CFM permitindo o escoamento de 20 milhões de toneladas/ano.

 

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com