EUA planeiam criar portal de dados para minimizar congestionamento de mega-navios

Marítimo Comentários fechados em EUA planeiam criar portal de dados para minimizar congestionamento de mega-navios 297
Tempo de Leitura: 2 minutos

À medida que os novos porta-contentores gigantes se tornam uma tendência predominante nos mares, novos desafios surgem para a indústria do transporte marítimo contentorizado. Nos Estados Unidos da América, a proliferação dos ULCV’s tem suscitado obstáculos ao longo da cadeia de abastecimento, mas a resposta não se fará esperar: a Comissão Federal Marítima (FMC) do país planeia obter permissão para criar um portal nacional de dados relativos à actividade dos portos, no sentido de minimizar os efeitos da congestão provocada pelos mega-navios.

Portal de dados para minimizar efeitos do congestionamento provocado pelos ULCV’s

De acordo com a publicação ‘American Shipper’, esta iniciativa governamental nasce dos elevados índices de congestionamento nos portos do país e também dos cada vez mais habituais ‘picos de carga’, consequências recorrentes das escalas dos porta-contentores ULCV’s. O projecto envolve também dezenas de empresas ligadas ao transporte e logística e novos desenvolvimentos foram relatados em Agosto passado, aquando da realização da conferência dos Assuntos Governamentais da Agência Nacional de Alfandegários e Transitários da América (NCBFAA).

«O objectivo é o de usar informação de forma tecnológica, de modo a providenciar informação crítica e visibilidade aos grandes agentes da cadeia de abastecimento, possibilitando uma interacção harmoniosa entre eles», explicou a líder do projecto, Rebecca Dye, Comissária na Comissão Federal Marítima dos EUA. «Para aumentar a visibilidade sistémica da cadeia de abastecimento, pedimos à nossa equipa para identificar pedaços de informação crítica necessária e não gigantescas bases de dados usadas pelas operadoras marítimas ou terminais para seus próprios fins», acrescentou Dye.

A grande dificuldade da consumação deste projecto reside na multiplicidade de prismas informacionais que necessitam de ser analisados (ou agregados) para que sejam fornecidos ‘timings‘ exactos aos agentes importadores e exportadores. Neste caso, os importadores preocupam-se mais com o ‘timing‘ de recuperação dos contentores dos terminais, enquanto os exportadores com o ‘timing‘ de carregamento e entrega dos contentores para os terminais.

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com