COSCO

FMC recebe queixa de empresa americana: operadoras de contentores no centro da acusação

Marítimo Comentários fechados em FMC recebe queixa de empresa americana: operadoras de contentores no centro da acusação 370
Tempo de Leitura: 2 minutos

Uma fabricante americana de imobiliário, a MCS Industries, acusou formalmente as operadoras de Shipping de contentores de incumprimento dos contratos no contexto dos serviços de contentores para importações a partir da Ásia. MSC e COSCO Shipping são apontadas, em particular, pela queixa. Tal quebra de contrato, alega a empresa à FMC, permitiu às operadoras cobrar taxas mais elevadas no mercado spot a outros carregadores.

Americana MCS Industries oficializou queixa à FMC

A queixa foi oficializada na passada Quarta-feira (dia 28 de Julho) junto da Comissão Marítima Federal (FMC) dos Estados Unidos da América (EUA) e reflecte o ambiente de mau-estar vivido, um pouco por todo o mundo, entre carregadores e operadoras marítimas de contentores, na sequência dos galopantes valores do frete marítimo, que teima em não dar tréguas, deixando as exportadoras e importadoras em dificuldades.

Porta-contentoresA empresa da Pensilvânia alega que a chinesa COSCO Shipping Lines e a helvética MSC violaram, desde o começo da pandemia de COVID-19, o US Shipping Act, no contexto do tráfego comercial trans-Pacífico entre os EUA e a Ásia, aumentando os seus ganhos à custa dos clientes. Para a MCS Industries, o incumprimento contratual das liners forçou m os clientes a terem de negociar espaços no mercado spot, cada vez mais inflacionado.

Na queixa, a empresa americana lembra que os preços do frete subiram até um máximo de dez vezes mais, quando comparados com os que eram praticados antes da pandemia. Este processo chega poucos dias depois de a Comissão Marítima Federal ter anunciado planos para auditar e supervisionar nove operadoras marítimas que operam nos EUA (COSCO e MSC integram esse lote), na tentativa de averiguar se estão a utilizar poder de mercado para cobrar maiores taxas de Demurrage aos carregadores e clientes – uma espécie de apertar da malha regulatória e concorrencial.

Fonte: Freight Waves

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com