Enerre JLL Forte Procura

«Forte procura por áreas de armazenagem» em Portugal mantém-se, frisou a JLL

Logística Comentários fechados em «Forte procura por áreas de armazenagem» em Portugal mantém-se, frisou a JLL 192
Tempo de Leitura: 2 minutos

Com o objectivo de ampliar a capacidade de armazenagem, a Enerre arrendou uma área de 3.000 m² nesta zona empresarial situada em Setúbal. Mariana Rosa, da JLL, vincou que, actualmente, existe uma «forte procura» por áreas de armazenagem no mercado nacional.

A equipa de Leasing Markets Advisory da JLL representou a Cimobin no arrendamento à Enerre das suas novas instalações de armazenagem. Em causa está uma área de 3.000 m² no Parque Industrial da Península de Setúbal, no Vale da Rosa, a uma distância de cerca de 30 minutos de Lisboa.

Com sede em Lisboa, a Enerre foi fundada em 1975 e é uma das mais reconhecidas empresas lusas na área têxtil, fardamentos e brindes publicitários. Para fazer frente ao crescimento, a empresa identificou a necessidade de ampliar a sua capacidade de armazenagem, procurando o apoio da JLL no processo de identificação, selecção e negociação do novo espaço que tinha, como vital requisito, a proximidade e os bons acessos à cidade de Lisboa.

«Continua a registar-se uma forte procura por áreas de armazenagem no mercado português e, em especial na Grande Lisboa; e num contexto de menor disponibilidade do lado da oferta, o processo de tomada de espaços está mais competitivo do que nunca. Temos uma equipa muito dinâmica nesta área e que tem trabalhado activamente nas melhores soluções para quem está activamente neste mercado, seja na procura de espaço seja na disponibilização de oferta», declarou Mariana Rosa, Head of Leasing Markets Advisory da JLL.

Em comunicado, a JLL vincou que tem estado fortemente activa na área de Industrial & Logistics, uma linha de negócio que constituiu uma aposta recente da consultora e onde a actividade ocupacional tem crescido de forma expressiva ao longo do último ano. A explosão do comércio electrónico devido à pandemia foi um dos grandes impulsionadores da procura deste tipo de imobiliário, a qual apresenta agora novas necessidades, incluindo de espaços de logística urbana, bem como de armazenagem e ainda de data centres, uma nova tipologia com crescente interesse junto dos operadores e investidores. Em paralelo, a JLL identifica uma elevada carência de oferta disponível, estimando um crescimento assinalável de projectos desenvolvidos especulativamente, ao mesmo tempo que se mantém o pipeline de projectos desenvolvidos pelos próprios ocupantes.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com