França e Bélgica ficarão unidas por um corredor fluvial de 1100 quilómetros antes de 2030

Marítimo Comentários fechados em França e Bélgica ficarão unidas por um corredor fluvial de 1100 quilómetros antes de 2030 346
Tempo de Leitura: 1 minutos

A Comissão Europeia aprovou em 26 de Junho a decisão de executar o projecto transfronteiriço Sena-Escalda nos corredores da rede principal do Mar do Norte-Mediterrâneo e Atlântico. A resolução adoptada por Bruxelas define o calendário para a construção, até 2030, desta rede fluvial 1.100 quilómetros de vias navegáveis em França e Bélgica, que permitirá a passagem de navios de mercadorias de 4400 toneladas.

Projecto fluvial visa retirar tráfego de mercadorias das estradas

O objectivo do projecto, adianta hoje a imprensa espanhola, é alcançar uma transferência modal do tráfego de mercadorias de longa distância, de modo que este canal assuma volumes que actualmente são feitos por estrada. A este respeito, o documento aprovado pela Comissão afirma que «a promoção de vias navegáveis ​​interiores para tráfego de mercadorias é uma prioridade clara da política de transportes da União Europeia e tem sido uma prioridade da política da rede transeuropeia de transportes».

O acordo estabelece que a União Europeia assumirá, através do mecanismo Connecting Europe Facility (CEF) 2014-2020, até 50% do custo dos estudos e 40% dos trabalhos no terreno. O documento aprovado pela Comissão Europeia explica que, quando a ligação Sena-Escalda estiver concluída, «a bacia do rio Sena estará directamente ligada à bacia de Escalda através de uma grande via navegável interior contínua de grande calibre no norte de França, na Bélgica, nos Países Baixos e também com outras bacias hidrográficas importantes, como a do Reno».

Foto:

Autor – Rémi Jouan

Fonte -Wikipedia Commons

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Pont_Suresnes_Defense.JPG

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com