navio porto circle

Freightos alerta: frete subirá até aos 10% neste arranque de 2019 graças às sobretaxas de enxofre

Marítimo Comentários fechados em Freightos alerta: frete subirá até aos 10% neste arranque de 2019 graças às sobretaxas de enxofre 296
Tempo de Leitura: 2 minutos

As taxas do frete marítimo de contentores poderão subir entre 5% a 10% já neste arranque de 2019 graças à introdução, por parte das companhias marítimas, das novas sobretaxas de enxofre, na antecâmara da entrada em vigor da nova regulamentação da IMO, a partir do dia 1 de Janeiro de 2020 – quem o diz é a Freightos.

A Freightos, companhia que criou um mercado internacional online para fretes marítimos, adiantou que os preços irão variar de acordo com a rota comercial. Philip von Mecklenburg-Blumenthal, vice-presidente da Freightos, recordou que a maioria das grandes transportadoras já anunciou, na recta final de 2018, a implementação de sobretaxas de bunkering, que visam compensar a intensificação de custos.

Ano de 2019 será de transformação no sector: estarão os players preparados para enfrentar o desafio?

A plataforma recordou que 2019 será um ano de mudanças e ajustamentos para operadoras marítimas também para os carregadores. À medida que o tempo avança, encurta-se a janela temporal para a adaptação às novas regras da IMO: as operadoras avaliam as suas opções (scrubbers, retrofitting ou combustíveis que respeitem as directrizes da IMO) e os carregadores, por arrastamento, enfrentam potenciais aumentos de custos.

Muitas transportadoras já implementaram scrubbers – uma opção em voga mas também dispendiosa, explicou a Drewry Maritime Consultants: o equipamento pode custar até um máximo de 10 milhões de dólares por navio. Uma das outras opções, o retrofitting ou a aquisição de navios já desenhados para se alimentarem de GNL, também ganhou muitos apologistas no sector – de qualquer das formas, esse custo adicional será reflectido na factura passada aos carregadores, lembra a Freightos.

Sobre o tema, a consultora Kearney alertou, ainda em 2018, para o choque da indústria marítima com os novos regulamentos de enxofre anunciados pela IMO, uma vez que, na visão da empresa, existe, no sector, um «baixo nível de prontidão para cumprir estes regulamentos».

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com