Inmaculada Fernández

«Futuro da logística de produtos químicos e mercadorias perigosas passa pelo blockchain»

Logística Comentários fechados em «Futuro da logística de produtos químicos e mercadorias perigosas passa pelo blockchain» 261
Tempo de Leitura: 2 minutos

Para Inmaculada Fernández, responsável pelo desenvolvimento de logística química da Dachser na Ibéria, «o futuro da logística de produtos químicos e mercadorias perigosas passa pelo blockchain, tecnologia que fornece transparência na execução e documentação de transacções».

Blockchain «tem potencial para ser um grande trunfo na Logística»

Um dos exemplos da utilidade da blockchain está relacionado com as informações sobre mercadorias perigosas, a que todos os participantes da cadeia de abastecimento, dependendo de sua autorização, podem aceder e rastrear até à sua origem. «Em termos de regulamentos legais, ainda é relativamente cedo para a integração total da tecnologia de blockchain. Mas, não há dúvida de que esta tecnologia tem potencial para ser um grande trunfo na logística de mercadorias perigosas e para elevar o nível de automação», explicou Inmaculada Fernández.

Dachser CHemNo futuro da Logística, explicou a Dachser através de um comunicado, o desenvolvimento de soluções que integram o digital para optimizar a logística será cada vez mais benéfico, em particular para as PMEs da indústria química que contam com a Dachser como um parceiro seguro e digitalizado para atender às suas necessidades de logística em todo o mundo. «Uma intrínseca ligação entre digitalização e logística reflecte-se numa forte estrutura de gestão por parte das empresas de logística e a Dachser é um exemplo nesse sentido», acrescentou Inmaculada Fernández.

«As empresas da indústria química encontram-se em patamares muito distintos quando se trata de digitalização – muitas já implementaram medidas estratégicas, enquanto outras estão apenas a começar», vincou Inmaculada Fernández. «No entanto, a implementação de uma estratégia de digitalização não tem que depender, necessariamente, do tamanho da empresa, uma vez que, actualmente, já não é necessária uma grande equipa de TI para o desenvolvimento de soluções digitais», salientou a responsável. “Existem as plataformas low code/no code (LCNC), que podem fornecer, até mesmo às PMEs, a agilidade e a velocidade necessárias para a implementação das ferramentas indispensáveis para obter sucesso no reino da digitalização», sublinhou a responsável pelo desenvolvimento da solução Dachser Chem Logistics na Península Ibérica.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com