Garland BrEXIT

Garland firma parceria com a Rhenus para liderar no transporte de grupagem no pós-Brexit

Empresas, LogísticaComentários fechados em Garland firma parceria com a Rhenus para liderar no transporte de grupagem no pós-Brexit482
Tempo de Leitura: 2 minutos

A Garland Transport Solutions (GTS) tem um novo agente no Reino Unido, tendo a escolha recaído sobre a empresa Rhenus Logistics.

A parceria foi fixada pouco antes do Brexit, representando um passo estratégico de antecipação da empresa do Grupo Garland aos constrangimentos trazidos ao transporte de cargas de para aquele país, agravados pelo acordo comercial tardio entre o Governo Britânico e a União Europeia. Uma jogada de antecipação que, acredita a Garland, incrementará a sua cobertura no transporte de cargas por via terrestre entre Portugal e Grã-Bretanha.

Garland criou um Departamento de Documentação e Despachos

«O facto de o acordo ter sido alcançado à última hora, não deu tempo a importadores, exportadores e entidades alfandegárias para se prepararem para uma transição suave. Como resultado, o sistema informático da alfândega britânica não ficou actualizado atempadamente, tendo, no entanto, o Governo inglês permitido a prorrogação até Julho dos pagamentos de IVA, o que não aconteceu em sentido contrário – a União Europeia não concedeu a mesma prorrogação, pelo que os despachos alfandegários tiveram de ser feitos no momento. Todos estes constrangimentos provocaram atrasos, com camiões parados em filas durante vários dias e empresários descontentes sem perceber por que, tendo sido alcançado um acordo, tinham de pagar custos alfandegários», analisou Peter Dawson, presidente do Grupo Garland, na sua primeira reacção a este desenvolvimento.

garland peter dwasonDois meses após o Brexit, Peter Dawson adianta que «o movimento estabilizou, estando todos os intervenientes mais adaptados aos procedimentos, mas continua a haver problemas com o transporte de mercadorias em que é requerida mais documentação, como é o caso de bens alimentares, bebidas alcoólicas e componentes automóveis». Para responder ao novo cenário do comércio internacional com o Reino Unido e apoiar os seus clientes, o Grupo Garland criou um Departamento de Documentação e Despachos. Em solo britânico, a empresa dispõe de um broker especializado em sistemas electrónicos compatíveis com a alfândega do Reino Unido e que está encarregue de despachar envios para Portugal.

Com o novo agente, a Garland passa a disponibilizar serviços regulares entre os seus centros logísticos de Cascais e Maia de e para as cidades de Maldon (Londres), Hinckley (Centro-Sul do país), Cannock (Birmingham), Bradford e Manchester (Norte) para transporte das exportações e importações nacionais. «Todos os armazéns dispõem de áreas aprovadas pelas entidades alfandegárias portuguesa e britânica, sem as quais seria difícil consolidar as cargas que se destinam a importação ou exportação», reforçou a Garland, no comunicado.

 

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com