capacidade

GNL é «a solução para a descarbonização no sector marítimo», realça a GASNAM

MarítimoComentários fechados em GNL é «a solução para a descarbonização no sector marítimo», realça a GASNAM266
Tempo de Leitura: 2 minutos

As Associações SEALNG e SGMF, numa actualização do Estudo de Emissões de Gases de Efeito de Estufa (GEE) do Ciclo de Vida na utilização do GNL como Combustível Marinho, realizado de acordo com os padrões da ISO por consultores especializados independentes e revisto por um painel de especialistas reconhecidos, concluíram que o GNL é o único combustível marítimo comprovado, operacionalmente disponível hoje e no futuro previsível, que reduz significativamente as emissões de GEE para o transporte marítimo de alto mar.

Neste estudo foram analisados diversos sistemas de propulsão de navios, tanto numa perspectiva do poço à hélice (WtW) como do tanque à hélice (TtW), concluindo que a redução de gases de efeito de estufa podem atingir os 30%, relativamente aos combustíveis de muito baixo enxofre (VLSO).

As conclusões principais do estudo (disponível aqui) são as seguintes:

  • O uso de GNL como combustível marítimo permite uma redução das emissões de GEE de até 23% numa base WelltoWake (WtW) e até 30% numa base TanktoWake (TtW) comparativamente aos combustíveis marinhos comuns;
  • Com base na tecnologia do motor, os benefícios absolutos de redução de emissões WtW para motores a gás em comparação com navios a VLSFO estão entre 14% a 23% para motores de 2 tempos de baixa velocidade (72% dos navios) e entre 6% a 14% para motores a 4 tempos de velocidade média (18% dos navios);
  • Numa base TtW, os benefícios de redução de emissões para motores a GNL em comparação com motores a VLSFO estão entre 20% a 30% para motores de velocidade lenta de 2 tempos e entre 11% a 21% para motores de velocidade média de 4 tempos;

GASNAM enumera «grandes vantagens» do GNL

Em reacção às conclusões do estudo, a associação ibérica GASNAM veio a terreiro reforçar que o Gás Natural Liquefeito (GNL) apresenta «grandes vantagens em termos de melhoria da qualidade do ar e da saúde humana, particularmente importante em portos e áreas costeiras, em particular devido à quantidade insignificante de enxofre pelo que as emissões de SOx são reduzidas para quase zero. Relativamente ao NOx, as emissões podem ser reduzidas em até 95% de modo a garantir os limites impostos pela IMO Tier III», pode ler-se num comunicado emitido pela entidade

Por outro lado, assinala a GASNAM, as emissões de metano têm vindo a ser «reduzidas de forma significativa pelas melhorias significativas introduzidas pelos fabricantes de motores e dos fornecedores de GNL, pelo que os grupos propulsores de ciclo a diesel de alta pressão de 2 tempos de baixa velocidade praticamente não apresentam fugas de metano».

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com