navio DGRM

Governo dos Açores diz que vai equacionar alternativas a transporte marítimo inter-ilhas

Marítimo Comentários fechados em Governo dos Açores diz que vai equacionar alternativas a transporte marítimo inter-ilhas 146
Tempo de Leitura: 2 minutos

Na passada Quarta-feira, dia 29 de Setembro, o secretário dos Transportes dos Açores, Mota Borges, revelou que o Governo dos Açores vai «estudar alternativas» ao transporte marítimo inter-ilhas, para «um efectivo serviço à população», com custos suportáveis para a região.

Governo dos Açores Mota BorgesMota Borges intervia na Assembleia Legislativa Regional dos Açores, na cidade da Horta, na sequência de acusações de socialistas e bloquistas no que diz respeito à suposta fragilidade da coesão regional promovida pela coligação governamental, depois da eliminação das ligações marítimas nas ilhas de Santa Maria, São Miguel e Flores, sem «consultar ninguém ou estudar» o tema, reportou a agência Lusa.

Neste contexto recorde-se, no passado Agosto, a aprovação em Conselho de Governo do concurso que deixa as ilhas do grupo oriental, São Miguel e Santa Maria, sem serviço público de transporte marítimo de passageiros e viaturas, uma vez que a operação sazonal foi restrita às ilhas do grupo central. Segundo a resolução, as ilhas do grupo ocidental, Flores e Corvo, continuam a ter ligação regular entre si apenas para transporte de pessoas, sendo eliminada a operação sazonal que ligava as Flores ao resto do arquipélago e que permitia o transporte de viaturas.

Como relata a Lusa, o secretário regional dos Transportes caracterizou as ligações sazonais como «comodidades de Verão», frisando terem um peso anual «entre os 10 e os 12 milhões de euros» e para a opção existente de viajar de avião com a Tarifa Açores (viagens inter-ilhas a 60 euros para residentes). «Aceitar este tipo de comodidades de verão pareceu-nos excessivo», comentou o responsável. Mota Borges negou uma «política despesista», apontando que a taxa média de ocupação na Linha Amarela (que fazia a operação sazonal e servia todas as ilhas excepto o Corvo) rondava os 30%. «Temos de fazer o necessário para compatibilizar as necessidades da região com a sua capacidade financeira», alertou.

Fonte: Lusa

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com