porto figueira da foz

Governo e a gestão dos portos de Aveiro e da Figueira da Foz: «Há uma visão cada vez mais de complementaridade»

Marítimo Comentários fechados em Governo e a gestão dos portos de Aveiro e da Figueira da Foz: «Há uma visão cada vez mais de complementaridade» 409
Tempo de Leitura: 3 minutos

Na sequência da nomeação do novo Conselho de Administração da Administração do Porto de Aveiro (APA), que lidera também o Porto da Figueira da Foz, o PSD Coimbra emitiu um comunicado onde se mostrou preocupado com a possibilidade de secundarização do Porto da Figueira da Foz em detrimento do Porto de Aveiro.

porto de aveiro three riversTambém em comunicado, o Ministério do Mar reagiu, vincando que existe «uma visão cada vez mais de complementaridade entre as valências das duas infra-estruturas, no âmbito da Estratégia para o Aumento da Competitividade da Rede de Portos do Continente 2016-2026».

Ministério do Mar realça currículo dos novos Administradores…

No mesmo comunicado, o Ministério do Mar realçou as competências do novo Conselho de Administração da APA, recordando que «o parecer final da CRESAP concluiu que Fátima Lopes Alves, nova Presidente do Conselho de Administração da APA, reúne “competências técnicas e comportamentais que sustentam uma apreciação muito positiva para o desempenho do cargo em causa”, obtendo avaliação máxima em todos os doze indicadores avaliados» e que «a mesma avaliação positiva foi feita pela CRESAP relativamente aos restantes três membros do novo Conselho de Administração da APA».

… e defende que «filiação partidária não foi nem é critério de selecção ou de exclusão»

No seu comunicado, o PSD Coimbra argumentava ainda que a escolha do novo Conselho de Administração da APA teve como base critérios políticos, acusando o Governo de colocar pessoas do PS à frente dos portos de Aveiro e da Figueira da Foz. «Mais uma vez, assistimos ao apropriar das administrações públicas, por parte do PS, com nomeações em véspera de eleições, as quais repudiamos visto não conterem qualquer desígnio estratégico, para além da mera ocupação de lugares», referiu o PSD Coimbra.

Também estas acusações foram refutadas pelo Ministério do Mar, recordando o currículo da nova Presidente do Porto de Aveiro e dos restantes membros do Conselho de Administração, assim como a própria filiação partidária dos mesmos: «Importa realçar que não são reconhecidas quaisquer filiações partidárias à nova presidente da Administração do Porto de Aveiro, assim como a dois (Isabel Moura Ramos e Helder Vale Nogueira) dos restantes três elementos do novo Conselho de Administração».

«A filiação partidária não foi nem é critério de selecção ou de exclusão – prova evidente disso é o facto do anterior Conselho de Administração, nomeado pelo anterior Governo PSD, ter reconhecidas ligações ao partido em questão, o que não impediu que tenha continuado a realizar o seu trabalho durante mais de três anos de governação do actual Governo PS», acrescentou o Ministério liderado por Ana Paula Vitorino.

No seu comunicado, o Ministério do Mar reconheceu ainda «o trabalho realizado pelo anterior Conselho de Administração da APA, sempre em estreita colaboração e articulação com o Ministério do Mar, em particular com Isabel Moura Ramos que é hoje uma profunda conhecedora do Porto de Aveiro e do Porto da Figueira da Foz e dos projectos de desenvolvimento que estão a ser levados a cabo nos dois enclaves portuários».

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com