Green Gas Mobility Summit

Green Gas Mobility Summit, debaterá, em Madrid, soluções sustentáveis para o futuro do transporte

Marítimo, Terrestre, Veículos Comentários fechados em Green Gas Mobility Summit, debaterá, em Madrid, soluções sustentáveis para o futuro do transporte 375
Tempo de Leitura: 4 minutos

Nos próximos dias 1 e 2 de Abril, em La Nave (na capital espanhola Madrid), mais de cem especialistas marcarão presença na Green Gas Mobility Summit, sob a batuta organizacional da GASNAM, para debater e analisar diferentes soluções para enfrentar os grandes desafios que o sector de transportes actualmente enfrenta: preservar a qualidade do ar, proteger o planeta das mudanças climáticas e manter a competitividade.

«Os benefícios do GNC ou GNL para o transporte rodoviário são bem conhecidos: qualidade do ar, competitividade económica, autonomia, tempo reduzido de reabastecimento e uma ampla gama de veículos. Para todos eles, é necessário acrescentar a possibilidade de substituir o combustível convencional por bioGNC ou bioGNL (gás renovável) sem a necessidade de fazer nenhuma modificação no veículo e valorizar as sinergias desse combustível com hidrogénio», introduz a associação ibérica, que prima pela apologia da utilização do gás natural nos transportes.

Benefícios sociais

Como defende a GASNAM, as potencialidades do gás renovável são imensas e, num contexto de urgente descarbonização global, imperativas de capitalizar: «O gás renovável produzido a partir da decomposição de detritos alimentares, lodo de estações de purificação de água,de gado ou de resíduos agro-industriais permite descarbonizar o transporte, especialmente nos sectores em que a electrificação é complexa, como transporte pesado ou transporte marítimo», explica a associação, elencando as virtudes desta solução.

BioGNC para transporte e agricultura

O Green Gas Mobility Summit, revelará experiências reais de aplicação de gás renovável no transporte, desde grandes cidades como Paris ou Bristol, que possuem uma frota de centenas de autocarros a bioGNC, até a ampla aplicação de gás renovável em veículos agrícolas na Itália. Representantes da Rede de Transporte Público da França (RATP), First Group (operadora de autocarros do Reino Unido), do Consórcio Italiano de Biogás, entre outros, farão a narrativa dessa realidade. Espanha também terá em breve frotas municipais de BioGNC – é o caso da Comunidade da Região de Pamplona, que movimentará 100% dos seus camiões de recolha de lixo e 60% dos seus autocarros de transporte urbano com o bioGNC gerado na estação de tratamento de resíduos da região. O presidente da Comunidade, David Campión, falará sobre esse projecto que em breve será uma realidade.

Hidrogénio, um combustível presente com um futuro longo

O hidrogénio acrescenta-se ao bioGNC na lista de gases renováveis neutros em carbono e, portanto, «capaz de responder aos desafios climáticos que o sector enfrenta», assinala a GASNAM, através de um comunicado ao qual a Revista Cargo teve acesso. Com autonomia, facilidade de reabastecimento e sem emissões directas, o hidrogénio oferece grandes possibilidades de mobilidade sustentável. Representantes das empresas pioneiras na comercialização desta nova tecnologia, como Toyota, Nikola e Solaris, estarão presentes no evento para divulgar essa nova era.

O caminho para 2050 do transporte marítimo

«Há muitas razões que impulsionaram o desenvolvimento de GNL como combustível para navios nos últimos anos: competitividade económica, maturidade tecnológica, vantagens ambientais, conformidade com o IMO2020, disponibilidade ou flexibilidade de abastecimento de combustível», explica a associação. A indústria marítima, tal como a Revista Cargo vem publicando, enfrenta o desafio de alcançar os objectivos da Organização Marítima Internacional até 2050: reduzir as emissões de CO2 em 70%, com uma etapa intermediária de 50% em 2030.

A Green Gas Mobility Summit reunirá empresas de navegação, fornecedores de GNL, tecnólogos, sociedades de classificação e instituições que tentarão responder às principais perguntas: quais são as opções? Quais tecnologias em desenvolvimento? Quais as principais barreiras? Como toda a cadeia de valor pode colaborar? Qual é a contribuição do GNL para esta equação? Quais são as suas sinergias com biogás, hidrogénio ou amónia?

A maior exposição de veículos BioGNC, BioGNL e hidrogénio

O congresso contará a maior exposição de veículos de gás natural e gás renovável com marcas como Seat, Fiat, Iveco, Scania ou Toyota. Na exposição também haverá espaço para equipamentos, soluções de reabastecimento, bombas multi-combustíveis, micro-fábricas de biogás e muito mais.Painel de especialistas Juntamente com a Prefeitura de Madrid, personalidades como Thomas Hilse, presidente da Iveco, Mikel Palomera, CEO da Seat e Marcelino Oreja, CEO da Enagás, estão entre a centena de especialistas que fornecerão uma perspectiva inovadora sobre a mobilidade sustentável.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com