Grupo Deutsche Post DHL vê receitas crescerem 1,4% no primeiro semestre de 2018

Logística Comentários fechados em Grupo Deutsche Post DHL vê receitas crescerem 1,4% no primeiro semestre de 2018 245
Tempo de Leitura: 2 minutos

O Grupo Deutsche Post DHL viu crescer a sua receita em 1,4%, excedendo assim os 15 mil milhões de euros no segundo trimestre de 2018. «Estes resultados representam um aumento na receita de 6,2% após o ajuste cambial e as alterações de portefólio», comunicou o grupo, através de um comunicado.



Desenvolvimento «impulsionado por ganhos significativos na DHL Express e DHL Global Forwarding»

Este progresso foi «impulsionado principalmente por ganhos significativos nas divisões Express e Global Forwarding, cujo lucro operacional totalizou 747 milhões de euros, revelando uma queda de 11,2% em relação ao nível máximo registado no período homólogo anterior», explicou o grupo.

Informa o comunicado, ao qual a Revista Cargo teve acesso, que todas as divisões da DHL «registaram aumentos do lucro operacional, em alguns casos de forma significativa». «Os resultados do segundo trimestre confirmam as expectativas. As três divisões da DHL – Express, Global Forwarding, e Supply Chain – tiveram um bom desempenho», confirmou Frank Appel, Administrador Delegado do Grupo Deutsche Post DHL.

No total, o Deutsche Post DHL Group gerou no segundo trimestre de 2018 um lucro líquido consolidado de 516 milhões de euros, representando uma diminuição face a 2017 (602 milhões de euros), justificado pela redução do lucro operacional nos investimentos privados, e que levaram a uma diminuição dos ganhos de base por acção, para 0,42 euros (2017: EUR 0,50).

DHL Express: trajecto de sucesso mantém-se com recorde de margem

No segundo trimestre, a divisão Express manteve o seu bom desempenho ao nível da receita e do lucro. As receitas aumentaram 7,9% em relação ao ano anterior, para 4 mil milhões de euros, com uma receita base que subiu 12,1%.

«O crescimento sustentado nos volumes permitirá aumentar a eficiência da rede expresso global, que registou um aumento do lucro operacional de 10,2%, para 517 milhões de euros, em resultado de uma gestão rigorosa do rendimento e de melhorias contínuas na rede. A margem operacional melhorou para um nível recorde de 12,8% (2017: 12,5%)», pode ler-se no comunicado.

Previsão risonha para 2018

O grupo prevê «aumentar o lucro operacional para mais de 5 mil milhões de euros até 2020, com a unidade de negócio PeP a contribuir com cerca de 1,7 mil milhões de euros e as restantes unidades de negócio da DHL com cerca de 3,7 mil milhões de euros. O grupo espera conseguir um EBIT de cerca de 3,2 mil milhões de euros para o ano de 2018».



Author

Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com