Grupo ETE cv interilhas

Grupo ETE apresentou o ‘Dona Tututa’: navio é aposta no reforço inter-ilhas de Cabo Verde

Marítimo Comentários fechados em Grupo ETE apresentou o ‘Dona Tututa’: navio é aposta no reforço inter-ilhas de Cabo Verde 450
Tempo de Leitura: 2 minutos

Nesta Segunda-feira (dia 7 de Junho), o Grupo ETE apresentou, nos estaleiros da Navaltagus (no Seixal), o seu novo navio que reforçará a operação do armador CV Interilhas. O ‘Dona Tututa‘ reforçará o transporte marítimo inter-ilhas de Cabo Verde.

Durante o evento de apresentação do navio ROPAX (RollOn RollOff de passageiros e cargas) com comprimento de 69 metros, 670 TAB, velocidade até 15 nós e capacidade para 220 passageiros e 43 viaturas ou 11 atrelados de 15 metros, o grupo explicou que a introdução do navio em operação é mais um passo naquela que é a missão da CV Interilhas, em oferecer um serviço transporte marítimo interilhas «regular, fiável e seguro».

Grupo ETE reforça mobilidade de pessoas e cargas em Cabo Verde

Grupo ETE CV Interilhas

Para o Grupo, presente mais de 30 anos em Cabo Verde, a escolha e colocação deste navio ao serviço do país, representa um investimento português em Cabo Verde e reforça aquele que tem sido o seu contributo no desenvolvimento económicosocial do país. A aposta reflecte um novo passo «na criação de condições para satisfazer a mobilidade dos cidadãos e agentes económicos entre ilhas, fomentando a economia local».

O novo navio da CV Interilhas traz «mais conforto para os passageiros e também maior acomodação e melhores condições para as tripulações (com capacidade para 16 tripulantes), permitindo mais tempo útil de navegação e reduzindo igualmente o tempo de escala em porto», frisou o grupo. No que respeita à tecnologia dos equipamentos, detalhou o grupo marítimo-portuário, está capacitado com «sistemas fiáveis, permitindo que qualquer intervenção necessária possa ser realizada com recurso a parceiros e equipas especializadas, em Cabo Verde».

Dona Tututa: um navio «robusto» que «traz mais capacidade» e «segurança»

«É um navio robusto que traz consigo mais capacidade, conforto e segurança, reforçando aquela que tem sido a missão e compromisso do Grupo ETE e da CV Interilhas, em construir um sistema de transporte marítimo inter-ilhas, sólido, com navios seguros e fiáveis, proporcionando a cada vez mais notória, coesão territorial», declarou Jorge Maurício,VicePresidente do Grupo ETE. O navio integrará a rota S.Vicente/S.Nicolau/Sal/Boavista.

Dadas as suas características e depois de percorridas 3.500milhas náuticas numa viagem transatlântica (BahamasPortugal), o navio encontrase completamente apto para integrar a operação da CV Interilhas, podendo servir as principais rotas de Norte a Sul do País, navegando por períodos seguidos de 24 horas, factor apontado como determinante, para melhorar significativamente o serviço prestado pela empresa. Recordase que o navio operava entre as diversas ilhas das Bahamas e da Flórida (EUA), realidade arquipelágica muito semelhante a Cabo Verde.

Fotos de: Daniel Maia

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com