Grupo ETE comissão

Grupo ETE garante expedição nacional e internacional dos Correios de Cabo Verde

Marítimo Comentários fechados em Grupo ETE garante expedição nacional e internacional dos Correios de Cabo Verde 409
Tempo de Leitura: 4 minutos

Por via da sua empresa ETE Logística Cabo Verde, o Grupo ETE encontra-se a garantir, a partir deste mês, a expedição de correio nacional e internacional de Cabo Verde por via marítima. O acordo que possibilita este tipo de serviço foi assinado com os Correios de Cabo Verde e, segundo vincou o grupo, «representa mais um passo na aproximação das populações e dos agentes económicos do arquipélago».

A parceria entre a ETE Logística Cabo Verde com os Correios de Cabo Verde «é mais um passo para fomentar a comunicação entre as várias ilhas de Cabo Verde, assim como a conexão do país com outras geografias a nível internacional», salientou o Grupo ETE, através de um comunicado. A parceria permite assim a materialização de serviços postais ‘normal’ e ‘expresso’, em contexto nacional e internacional, uma redução do transit time de carga expedida, promovidas pela regularidade do serviço de transporte marítimo entre-ilhas, com uma rede activa de postos de venda de bilhetes da CV Interilhas, nas estações de Correios de Cabo Verde, (com cobertura a nível nacional).

Parceria fundamental em contexto de pandemia

A sinergia chega em boa hora para Cabo Verde, país que também já sente os efeitos do COVID-19 e vê alguns dos serviços logísticos suspensos. Em contexto de crise, o Grupo ETE vem assim «assegurar a expedição de todo o serviço postal, para todo o território nacional e a nível internacional, por via marítima», sublinhou o grupo, lembrando que a sua «proposta de valor» implica «a intervenção de outras empresas do Grupo – CV Interilhas e Transinsular – permite continuar a servir todas as populações e agentes económicos com a mesma frequência, regularidade e pontualidade».

No entender de Paulo Lopes, Administrador Delegado do Grupo ETE em Cabo Verde, a parceria traduz a aposta constante do grupo em encontrar soluções integradas que permitam unificar a economia de Cabo Verde. «Temos vindo a assistir a uma revolução profunda nos vários serviços em Cabo Verde, onde podemos destacar sobretudo o transporte marítimo inter-ilhas, que permitiu alavancar bastante o sistema. Hoje as pessoas conseguem planear a sua vida, sabem quando podem viajar. O mesmo se passa com os agentes económicos, que conseguem planear a sua actividade. E para além de lhes oferecermos um meio de transporte regular, fiável e seguro, agora oferecemos-lhe também a possibilidade de receberem a sua correspondência com a mesma regularidade», comentou o Administrador Delegado do grupo.

«A nossa complementaridade de áreas de negócio, permite que tenhamos uma oferta competitiva em soluções de logística integrada. O facto de, por exemplo, anteciparmos a calendarização dos serviços de transporte marítimo que disponibilizamos, permite uma eficiente organização de toda a estrutura logística, permitindo uma resposta igualmente eficiente ao cliente, o que tem impactos extremamente positivos. E é transversal a qualquer sector de actividade. Os correios serão só mais uma prova de que o sistema está a funcionar e bem. Para além de que perante a situação pandémica que vivemos, a capacidade de manter a operacionalidade do serviço de correios é fundamental», declarou ainda Paulo Lopes.

Um novo passo na coesão do território e desenvolvimento de Cabo Verde

A articulação da ETE Logística Cabo Verde, com outras empresas do Grupo ETE em Cabo Verde – Transinsular e CV Interilhas – com igual representação nas 4 principais ilhas (Santiago, S.Vicente, Sal e Boavista) «facilitará também a circulação de todo o tipo de cargas em todo o país, permitindo manter o fluxo normal de distribuição e acesso à informação e mercadorias», detalhou o grupo em comunicado.

Outros factores que permitirão «uma melhoria considerável na prestação do serviço» são, elenca o grupo, «o compromisso de ter equipas no terreno a acompanhar de forma personalizada toda a operação de expedição, desde a recolha na origem, embarque, desembarque e entrega no destino» e a «regularidade e previsibilidade dos serviços proporcionados» – variáveis que têm impacto directo positivo no respectivo tempo (útil) de entrega tanto do serviço postal nacional, como internacional, até hoje prestado. O grupo pondera ainda, em conjunto com os correios cabo-verdianos, «a possibilidade de vir a integrar postos de venda de bilhetes da CV Interilhas nas várias estações de correios existentes».

Tal permitirá não só a melhoria dos serviços como a proximidade ao cliente, uma vez que é quem mais beneficia, inclusive nas ilhas mais isoladas do país. A relembrar que a empresa detém já 38 agências a nível nacional, sendo que a próxima abertura está agendada para breve e será uma nova agência, localizada no edifício sede dos Correios de Cabo Verde, na zona do Plateau, na cidade da Praia. A nível internacional, a articulação com a Transinsular, nas ligações marítimas, será igualmente benéfica, reduzindo o tempo de transito das mercadorias.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com