Grupo Jan De Nul finalizou dragagens de manutenção no Porto de Maputo

Marítimo Comentários fechados em Grupo Jan De Nul finalizou dragagens de manutenção no Porto de Maputo 564
Tempo de Leitura: 1 minutos

A notícia foi replicada pelo portal de informação ‘Macauhub‘: o Grupo Jan De Nul finalizou o processo de dragagem de manutenção do Porto de Maputo. Os trabalhos, agora totalmente concluídos, permitem repor a profundidade alcançada aquando da dragagem executada no ano de 2016.

O portal adiantou que o grupo emitiu um comunicado no qual anunciou o fim das dragagens (um processo que a Revista Cargo acompanhou progressivamente). O porto moçambicano está apto a receber navios até 80 mil toneladas desde 2017, depois de o Grupo Jan De Nul ter levado a cabo uma dragagem que permitiu aprofundar o canal de acesso e os cais de menos 11 metros para entre menos 13,05 metros e menos 14,4 metros.

As operações de dragagem incidiram nos canais da Matola, Catembe, Polana, Xefina e do Norte e envolveram a remoção de 1,4 milhões de metros cúbicos de sedimentos. O contrato agora dado por finalizado, no âmbito da realização de dragagem de manutenção, foi assinado em no passado mês de Agosto de 2019 entre o grupo (que detém sede no Luxemburgo) e a Companhia de Desenvolvimento do Porto de Maputo.

Recorde-se que a Companhia de Desenvolvimento do Porto de Maputo trata-se de uma parceria entre a estatal Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique e a empresa Portus Indico, composta pelos grupos Grindrod (África do Sul), DP World (Dubai) e pela empresa local Moçambique Gestores.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com