sata aviao Açores

Grupo SATA solicitou um auxílio de Estado no montante de 163 milhões de euros

Aéreo, Empresas Comentários fechados em Grupo SATA solicitou um auxílio de Estado no montante de 163 milhões de euros 264
Tempo de Leitura: 2 minutos

O Grupo SATA pediu uma ajuda estatal no montante de 163 milhões de euros, devido à dura situação financeira em que Grupo empresarial se encontra. Apesar das medidas de contenção de custos, as necessidades de tesouraria que o grupo enfrenta continuam a ser alvo de muita preocupação.

Grupo SATA fez «pedido de auxílio de emergência»

A paragem quase total da actividade forçou a companhia aérea a implementar várias medidas de gestão, tentando assim preservar a empregabilidade. As medidas colocadas em prática no Grupo SATA são, contudo, insuficientes para colmatar as necessidades de tesouraria que o Grupo enfrenta, sendo necessária uma intervenção pública por parte do Governo da República.

Assim, foi solicitada pelo grupo a concessão de um apoio estatal no valor de cerca de 163 milhões, destinado a prover as necessidades de liquidez até ao final do corrente ano. Esta quantia pode ser reavaliado consoante a progressão da pandemia de COVID-19 e de eventuais exigências ao Plano de Desenvolvimento. De recordar que, a secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores revelou que o plano de reestruturação da companhia aérea SATA já está concluído, mas disse que os pormenores só deverão ser divulgados pela administração da empresa.

«Feito o pedido de auxílio de emergência, a empresa tem seis meses para apresentar o plano de reestruturação, no entanto, daquilo que temos acompanhado provavelmente será apresentado bastante mais cedo, até porque foi esse o compromisso do conselho de administração da SATA, mas mais pormenores a SATA terá de os dar», declarou Ana Cunha. Questionada sobre se o plano de reestruturação da companhia aérea pública já estava concluído, a governante respondeu apenas «sim», sem entrar em mais detalhes.

O novo conselho de administração da transportadora açoriana, que tomou posse em Janeiro, comprometeu-se a apresentar um plano estratégico e de negócios até ao final do primeiro trimestre do ano, mas a pandemia da Covid-19 obrigou a uma reavaliação do documento.

Com Lusa

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com