Hapag-Lloyd quer cortar 20% das emissões de CO2 até 2020

Marítimo Comentários fechados em Hapag-Lloyd quer cortar 20% das emissões de CO2 até 2020 369
Tempo de Leitura: 1 minutos

Depois da IMO (Organização Marítima Internacional) ter anunciado o compromisso de cortar as emissões de CO2 no sector do shipping em 50% até 2050, começam a surgir as primeiras reacções do mercado – em particular das companhias marítimas que serão aquelas que terão de dar resposta a este grande desafio.



Depois da CMA CGM ter saudado a decisão da IMO, agora é a vez da Hapag-Lloyd mostrar o seu compromisso com as metas ambientais, tendo anunciado planos para reduzir em 20% as suas emissões de CO2 até 2020, tendo como ponto de partida os seus níveis de 2016. O anúncio foi feito este domingo, no qual se assinalou o Dia Mundial da Terra.

Hapag-Lloyd já cortou 46% das suas emissões entre 2007 e 2016

A Hapag-Lloyd é hoje o número 5 mundial no transporte marítimo de contentores e admitiu, em comunicado emitido este domingo, que já cortou em 46% as emissões dos seus navios entre 2007 e 2016.

«O que importa agora é que todos os agentes do mercado se unam na mesma direcção», refere Rolf Habben Jansen, líder da companhia alemã com sede em Hamburgo.

Recorde-se que a Hapag-Lloyd acabou por modernizar a sua frota através da aquisição da UASC.



Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com