Acordo comercial à beira de ser adiado: adensam-se os receios sobre um ‘hard Brexit’

Empresas, Logística Comentários fechados em Acordo comercial à beira de ser adiado: adensam-se os receios sobre um ‘hard Brexit’ 316
Tempo de Leitura: 2 minutos

De acordo com a Bloomberg, a cisão entre o Reino Unido e a União Europeia não corre de feição e, ao que tudo indica, o processo de separação não respeitará os prazos estipulados: Outubro havia sido o mês fixado para consumar o Brexit, mas fala-se já num adiamento. Pelo meio, sobra o desespero e a incerteza das comunidades empresariais e os receios do sector dos Transportes e da Logística.



Adiamento para Novembro ou o Hard Brexit a bater à porta?

Longe de serem conhecidos os contornos finais do acordo entre as partes, está já em cima da mesa um adiamento para Novembro, reportou ontem a Bloomberg, após ter acesso a informações dadas por uma fonte ligada ao processo. À agência de informação, Dominic Raab, secretário britânico encarregue da pasta da saída, confirmou tal hipótese. «Existe alguma margem» para fechar o acordo proximamente (disse Raab), mas ao que tudo indica, não será respeitado o prazo (dia 18 de Outubro).

Este provável adiamento junta-se à possibilidade (já aventada) de uma saída sem o tão desejado «bom acordo» que o sector do frete e as empresas que transaccionam produtos entre o Reino Unido e o velho continente exigem. Recorde-se que a primeira-ministra britânica afirmou, recentemente, existirem planos de contingência para o caso de não ser obtido um acordo, um cenário que caracterizou como não sendo «o fim do mundo».

Poderá não ser «o fim do mundo», mas estará muitos realidades abaixo do paraíso…

Na cabeça de todos os stakeholders que integram a cadeia de abastecimento que liga o Reino Unido à Europa, a ausência de acordo comercial pode não ser «o fim do mundo» mas certamente será uma gigante dor de cabeça e um motivo de grave disrupção, como a Revista Cargo já aqui dissertou. Estimam-se já, devido a tamanha incerteza, consequências na ordem das centenas de milhares de euros para diversos bancos centrais de todo o mundo.

Segundo adianta a Reuters com base num estudo levado a cabo pelo Bank of America Merrill Lynch), tais bancos podem ver-se na obrigação de vender cerca de 110 mil milhões de euros caso o Reino Unido abandone a União Europeia sem um acordo comercial, um cenário apelidado de Hard Brexit.



Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com