Yilport Huelva

Huelva e Yilport convencem Maersk a materializar ligação entre Leixões, Algeciras e Tânger

Marítimo Comentários fechados em Huelva e Yilport convencem Maersk a materializar ligação entre Leixões, Algeciras e Tânger 458
Tempo de Leitura: 2 minutos

O trabalho da Autoridade Portuária de Huelva e do operador de terminais Yilport, interrompido devido à paralisação económica decorrente da pandemia, deu resultados e, segundo apurou o jornal espanhol ‘Huelva Información‘, ambos voltarão a implementar, a partir do dia 7 de Novembro, a linha regular da Maersk que passará pelo Molhe Sul do porto espanhol, interligando Huelva a Leixões, Algeciras e Tânger.

As duas viagens-teste realizadas no mês de Agosto, bem como os trabalhos realizados nos últimos meses de 2019 e no primeiro trimestre de 2020 pelo porto e pela Yilport, que lá opera, (interrompidos pela COVID-19 e respectivas medidas de restrição), convenceram os responsáveis ​​da Maersk Line, líder de mercado no segmento do transporte marítimo contentorizado, a assentar arraiais em Huelva, apostando no porto andaluz. Mas não é só.

A Maersk apostará neste porto, com uma novidade importante: a conexão feeder da companhia marítima escandinava, que em Portugal teria passagens em Leixões e Lisboa, passará, em contexto de redefinição, a apostar no potencial logístico e geográfico do porto marroquino de Tânger ao invés de Lisboa, mantendo-se a paragem em Leixões. Ligar-se-á assim Leixões ao porto andaluz e Algeciras, mas com aposta nas valências de Tânger.

Segundo relata o jornal espanhol, a aposta estratégica no hub mediterrânico de Tânger permitirá que uma empresa que pretenda exportar um único contentor, o possa fazer com todas as escalas que se efectuam no porto marroquino, o que permite acesso a qualquer ponto do mundo com serviços marítimos directos. A conexão contará também com um paralelo reforço ferroviário – mais comboios entre Huelva e Extremadura.

À ligação semanal que une a localidade portuguesa de Elvas a Huelva – levada a cabo pelo transitário Transitex, detido pela Yilport – soma-se outra que chegará da localidade de Mérida, estratégica para as aspirações logísticas do Porto de Huelva no contexto da exportação de produtos da Extremadura. A estratégia da Maersk passa, assim, por oferecer um serviço porta-a-porta tendo Huelva como epicentro dessa capilaridade.

Fonte: ‘Huelva Información

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com