hyundai camião

Hyundai entregou as primeiras unidades do camião Xcient, movido a hidrogénio

Terrestre, Veículos Comentários fechados em Hyundai entregou as primeiras unidades do camião Xcient, movido a hidrogénio 403
Tempo de Leitura: 2 minutos

Na sequência de um acordo com a H2 Mobility, a Hyundai entregou as dez primeiras unidades do seu camião Xcient, movido a célula de combustível, na Suíça. Outros 40 modelos inovadores da marca serão introduzidos no mercado, e um total de 1.600 camiões modelo H2 estão planeados para integrar o mercado suíço até ao ano de 2025. A marca também está a trabalhar num semi-reboque H2 com autonomia de 1000 km.

O objectivo deste acordo é ampliar a frota de veículos verdes para reduzir as emissões de poluentes no transporte de carga do país helvético. Os clientes poderão alugar os camiões de células de combustível num modelo de pagamento por utilização, para que os clientes não precisem de fazer o investimento inicial. O modelo de aluguer é suportado pela Hyundai Hydrogen Mobility, joint venture fundada em 2019 pela Hyundai e H2 Energy.

Hyundai fala em «marco significativo na história dos veículos comerciais»

«É um marco significativo na história dos veículos comerciais e para o desenvolvimento da tecnologia a base de hidrogénio», declarou, na sequência do anúncio, o vice-presidente executivo e chefe da divisão de veículos comerciais da Hyundai Motor, In Cheol Lee. O camião Hyundai Xcient funciona com motores eléctricos que geram potência total de 190 kW (equivalente a 255 cv). Esses motores são alimentados por duas células a combustível de 95 kW. Há sete tanques com capacidade para cerca de 32 kg de hidrogénio cada. A autonomia gira em torno dos 400 quilómetros.

A Hyundai, recorde-se, possui uma extensa experiência com veículos a célula a combustível – o modelo SUV Tucson FCEV, datado de 2013, foi o primeiro carro do tipo feito em série pela marca sul-coreana. No total, foram produzidas cerca de mil unidades. O projecto não está apenas a testar a adequação dos camiões de células de combustível nas operações de entrega, mas também a produção local de hidrogénio verde em maior escala.

A joint venture Hydrospider, firmada entre a Alpiq e a H2 Energy, foi fundada especificamente para esse fim, durante o ano de 2019. «A construção de um ecossistema abrangente de hidrogénio, onde as necessidades críticas de transporte são atendidas por veículos como o Xcient Fuel Cell, levará a uma mudança de paradigma que remove as emissões de automóveis da equação ambiental», revelou In Cheol Lee.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com