Compra da OOIL enfrenta «incertezas», admite a COSCO Shipping

Marítimo Comentários fechados em Compra da OOIL enfrenta «incertezas», admite a COSCO Shipping 274
Tempo de Leitura: 1 minutos

No passo dia 10 de Julho, o rumor dava lugar à notícia: a chinesa COSCO Shipping Corporation confirmava a aquisição da Orient Overseas International Limited (OOIL), por uma quantia a rondar os 6,3 mil milhões de dólares, assim dando o primeiro passo para criar o terceiro maior operador do mundo. Mas, ao que tudo indica, tal operação não está ainda fechada, pois permanecem ainda várias dúvidass quanto à viabilidade do negócio – terão a última palavra as entidades reguladoras. A própria companhia menciona um «certo grau de incertezas».

Estas incertezas surgem depois da Bolsa de Valores de Tóquio ter dirigido à companhia chinesa, no passado dia 18 de Julho, clarificações sobre a estruturação do negócio (nomeadamente em duas alíneas do acordo). As preocupações da Bolsa de Valores de Tóquio, expressadas sobre a forma de interrogações, recaem sobre a possibilidade de se saber se a operação eliminará os reguladores de monopólio e ‘anti-trust’ em todo o mundo, e qual a forma através da qual a COSCO Shipping pretenderá manter a OOIL cotada na bolsa de valores japonesa.

De acordo com a consultora Alphaliner, o órgão regulador já terá recebido – no passado dia 25 de Julho – a resposta da companhia chinesa de transporte de contentores, o que apaziguou a Bolsa de Valores de Tóquio e permitiu que as acções da empresa voltassem a ser negociadas. Da parte da COSCO Shipping houve já confirmação oficial: o negócio da compra da OOIL encontra-se em análise pelos órgãos reguladores nos Estados Unidos da América e da União Europeia, não havendo sido feita menção a organismos reguladores chineses.

 

 

 

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com