linha do norte

Infraestruturas de Portugal garante: «a Rede Ferroviária Nacional é segura»

Terrestre Comentários fechados em Infraestruturas de Portugal garante: «a Rede Ferroviária Nacional é segura» 989
Tempo de Leitura: 2 minutos

A IP – Infraestruturas de Portugal reagiu em comunicado às notícias avançadas ontem sobre o estado da ferrovia em Portugal, salientando que o relatório citado deixa claro que a «a Rede Ferroviária Nacional é segura sendo o seu desempenho globalmente positivo».



A notícia sobre o estado actual da rede ferroviária portuguesa foi avançada ontem em primeira mão pelo “Público”, citando o Relatório do Estado da Infraestrutura elaborado pela própria IP – e onde quase 60% da ferrovia nacional recebeu nota “má” ou “medíocre”.

«O Relatório do Estado da Infraestrutura referido nas notícias é um documento técnico, interno, produzido anualmente pela Infraestruturas de Portugal, de inspecção e diagnóstico, numa perspectiva do desempenho dos seus activos e não de avaliação de risco para a segurança de pessoas e bens. De resto, é dado destaque apenas ao parâmetro “Via”, que constitui somente um dos 9 (nove) parâmetros avaliados neste relatório, sendo que todos os restantes indicadores de desempenho são francamente mais positivos», refere a IP no esclarecimento enviado esta terça-feira às redacções.

IP fala em «estado de condição razoável» da Rede Ferroviária Nacional

ordem dos engenheiros ferrovia linhaAinda no mesmo esclarecimento, a IP salienta que os dados contantes no relatório mostram que «tal como verificado em 2015, a Rede Ferroviária Nacional apresenta-se em 2016, em termos médios, num estado de condição Razoável, (avaliado em 5,3 numa escala entre 0 e 8) significando que em geral está adequada aos requisitos de exploração».

E lembra ainda que «para incrementar o nível da infraestrutura ferroviária, a Infraestruturas de Portugal está a desenvolver o maior programa de investimentos das últimas décadas na modernização da Rede Ferroviária Nacional», em referência ao Ferrovia2020, plano que contempla um investimento superior a 2 mil milhões de euros que serão aplicados em mais de 1.000 quilómetros de via-férrea – e, segundo a IP, «cuja concretização dotará o país de uma infraestrutura ferroviária de elevada qualidade».

O comunicado da IP acaba com a empresa a detalhar uma série de investimentos em troços que foram identificados como os mais problemáticos no relatório em questão.



Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com