Interfaces disponibiliza gratuitamente 3 mil acessos ao seu curso de Primeiros Socorros

Empresas, Terrestre Comentários fechados em Interfaces disponibiliza gratuitamente 3 mil acessos ao seu curso de Primeiros Socorros 412
Tempo de Leitura: 2 minutos

A Interfaces anunciou a decisão de disponibilizar, através do seu programa de responsabilidade social Intercare, de forma totalmente gratuita, 3 mil acessos ao seu curso à distância sobre Primeiros Socorros, inserido na área da Segurança Rodoviária, durante o próximo mês de Abril de 2020.

Esta decisão, informou à Revista Cargo a empresa Interfaces, foi tomada «em honra» de «todos os elementos» de uma «banda» que não pára de tocar mesmo em tempos críticos de pandemia: os motoristas, que, ressalva a empresa, arriscam as suas próprias vidas «para que não falte nada a todos nós». A metáfora, retirada do filme Titanic, simboliza a resiliência de uma classe que continua a operar mesmo perante as mais cruéis adversidades.

«Este curso, com a duração de 4 horas, permitirá aos elementos desta banda, aprender ou relembrar princípios da máxima importância neste momento inimaginável em que nos encontramos», explicou a empresa. Quem pretender realizar o curso deve aceder a este link para escolher o dia e a hora mais conveniente. Receberá depois o acesso à Academia de Formação à Distância da Interfaces para realizar o curso no dia e hora marcado.

A Interfaces Portugal é liderada por Fernando Costa, personalidade com mais de 30 anos de experiência no sector e que, em 2018, concedeu uma extensa entrevista à Revista Cargo. Criada em 2016, a empresa actua na área da formação de condutores, preenchendo um vazio de soluções e necessidades de mercado identificado há várias décadas. «verifiquei que, na parte da formação dos condutores, havia necessidades no mercado e não havia soluções. Quando decidi abrir a Interfaces Portugal preocupei-me fundamentalmente em desenvolver essas soluções, pois, se eu tinha essas dores, certamente os meus colegas também as teriam. Aliás, eu sabia que tinham, pois o mercado não é assim tão grande e nós acabamos por nos conhecer todos», declarou Fernando Costa, aquando da sua entrevista à nossa publicação, explicando o surgimento da Interfaces Portugal.

Veja também:

Fernando Costa (Interfaces Portugal): « Não há nenhum operador com quem fale que não diga que o seu maior problema é a falta de condutores»

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com