IP consignação

IP anunciou modernização do troço Celorico da Beira – Guarda, na Linha da Beira Alta

Terrestre Comentários fechados em IP anunciou modernização do troço Celorico da Beira – Guarda, na Linha da Beira Alta 314
Tempo de Leitura: 2 minutos

A IP anunciou que foi ontem consignada a empreitada de modernização do troço da Linha da Beira Alta, entre Celorico da Beira e Guarda, que integra o Corredor Internacional Norte, no âmbito do programa de investimentos na expansão e modernização da Rede Ferroviária Nacional – Ferrovia 2020.

Numa cerimónia realizada na sede da Infraestruturas de Portugal (IP), o Auto de Consignação da obra foi assinado por Carlos Fernandes, vice-presidente do Conselho de Administração da IP, e por Benedita Amorim Martins, presidente Executiva do Consórcio Conduril – Engenharia, S.A./Teixeira Duarte – Engenharia e Construções, S.A / Somafel – Engenharia e Obras Ferroviárias, S.A., a quem foram adjudicados os trabalhos pelo valor de 53.112.000,00 euros, iniciando-se assim a empreitada com um prazo de execução de 751 dias.

Os trabalhos a executar consistem na renovação integral da super-estrutura de via, num troço com cerca de 46 quilómetros, prevendo-se ainda o alteamento, alargamento e prolongamento das plataformas nas Estações de Celorico da Beira, Pinhel, Vila Franca das Naves e Guarda, procurando promover a melhoria das condições de mobilidade dos utilizadores no acesso ao transporte ferroviário, detalhou a IP, em comunicado.

Será igualmente realizada a alteração do layout – configuração das linhas – nestas estações, de forma a permitir a circulação de comboios de 750 metros de comprimento, optimizando as condições de exploração, através do aumento da capacidade para os comboios de mercadorias, dos actuais com 500 metros de comprimento para 750 metros, mas também do incremento do número de circulações. No âmbito da empreitada serão também realizados trabalhos de supressão das Passagens de Nível de Celorico Gare e de Baraçal. Como alternativas de atravessamento, será realizada a construção dos respectivos desnivelamentos e restabelecimentos, que garantem melhores condições de segurança para os utilizadores.

Como principais objectivos do Corredor Internacional Norte, destacam-se as seguintes acções:

  • Promoção da interoperabilidade ferroviária com a rede Espanhola e Europeia;
  • Aumento da capacidade para os comboios de mercadorias, permitindo a circulação de comboios de mercadorias de comprimento até 750 metros (na Linha da Beira Baixa 600 metros);
  • Construção de concordâncias na Guarda e Pampilhosa;
  • Eliminação das restrições de velocidade e recuperação dos tempos de trajecto dos serviços de passageiros de longo curso;
  • Permissão de comboios eléctricos na totalidade da Linha da Beira Baixa, com a electrificação do troço Covilhã – Guarda;
  • Melhoria das condições de segurança com a eliminação de passagens de nível e a instalação de sinalização electrónica;
  • Permitir um aumento de capacidade diária da Linha da Beira Alta dos actuais 14 comboios de 500 metros para 20 de 750 metros, o que corresponde a um acréscimo de capacidade de mais do dobro da actual.

Fotos: IP

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com