TVT terminal vale do tejo

IP cria condições de exploração com tracção eléctrica no Terminal Vale do Tejo (TVT)

Terrestre Comentários fechados em IP cria condições de exploração com tracção eléctrica no Terminal Vale do Tejo (TVT) 799
Tempo de Leitura: 1 minutos

A Infraestruturas de Portugal (IP) anunciou que irá avançar com a empreitada de Electrificação da Linha Mãe de Ramais (LMR) e Acessos ao Terminal Vale do Tejo (TVT), do lado da via descendente da Linha do Norte.



Em comunicado, a IP acrescenta que o troço a intervencionar se situa entre a Subestação de Tracção do Entroncamento e a Estação de Riachos e envolverá a execução de trabalhos de Construção Civil, Catenária, Telecomunicações e sistemas de Retorno de Corrente de Tracção e Terras de Protecção (RCT+TP).

A empreitada contempla a execução, entre outros, dos seguintes trabalhos: Electrificação da nova diagonal de acesso sul ao TVT; Electrificação da LMR lado Via Descendente da Linha do Norte entre Riachos e a Subestação de Tracção do Entroncamento; Electrificação dos acessos ao Terminal Vale do Tejo (TVT); Implementação de Retorno de Corrente de Tracção, Terras e Protecções (RCT+TP); Transferência do bastidor de Telecomando existente no contentor de Riachos para a SET de Riachos.

Melhoradas as condições de operação da Linha do Norte

A IP adiantou ainda que a empreitada envolve um custo de cerca de 550 mil euros e tem um prazo de execução de 135 dias.

«Esta intervenção tem como principal objectivo a melhoria das condições de exploração da Linha do Norte com a electrificação de uma terceira via na zona sul de acesso à estação do Entroncamento e também criar condições de exploração com tracção elétrica no Terminal do Vale do Tejo (TVT)», conclui a IP.


Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com