IP ferrovia

IP: pretende fazer transição sem descontinuidade entre o Ferrovia 2020 e o PNI 2030

Terrestre Comentários fechados em IP: pretende fazer transição sem descontinuidade entre o Ferrovia 2020 e o PNI 2030 431
Tempo de Leitura: 2 minutos

Em declarações prestadas recentemente ao semanário ‘Expresso’, a Infra-estruturas de Portugal (IP) assumiu, em discurso directo, a meta de executar uma transição sem descontinuidade entre o programa Ferrovia 2020 e o Plano Nacional de Investimentos (PNI) 2030.

PNI 2030 será plano «ambicioso», salientou a IP

«O PNI 2030 vai ser um plano ainda mais ambicioso e a nossa ideia é lançar já projectos nesta fase para poder avançar logo com esses investimentos», vincou a IP ao semanário, que também chegou à fala com Carlos Fernandes, vice-presidente do organismo público.

A reportagem do ‘Expresso’ dá conta de que a progressão do programa Ferrovia 2020 foi travada pela falta de capacidade de resposta do mercado de projectistas e de empreiteiros. O vice-presidente da IP recordou que, neste contexto, um dos maiores entraves foi ter-se começado tarde a contratar para a fase de projecto. A empresa chegou a ter dois concursos desertos, porque os preços que definiu estavam ‘desalinhados’.

Ferrovia Portugal«Os preços no mercado tinham subido muito e por isso tivemos de recalcular os valores dos concursos», comentou Carlos Fernandes. A pandemia induziu a uma perda de fulgor da economia – «notámos que houve uma travagem muito grande dos projectos de privados», atestou o vice-presidente da IP, argumentando que tal factor conduz a um «grande interesse por parte das empresas e dos consórcios para concorrer às obras da IP. Os dados em relação aos últimos concursos que abrimos demonstram-nos que surgiram consórcios novos interessados».

«A IP vai continuar a desenvolver este que é o maior programa de sempre de investimentos na ferrovia, posicionando-se como forte impulsionadora do mercado de obras públicas no nosso país, assumindo um papel importantíssimo no momento mais delicado das nossas vidas, em contexto de estado de emergência, bem como no ‘dia seguinte’, quando será necessário, mais do que nunca, manter o rumo definido e garantir a sobrevivência do sector», comunicou ainda o organismo, citado na reportagem pelo semanário ‘Expresso’.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com