Jorge Mauricio

Jorge Maurício (ETE): Dona Tututa é «grande equipamento para o mercado cabo-verdiano»

Marítimo Comentários fechados em Jorge Maurício (ETE): Dona Tututa é «grande equipamento para o mercado cabo-verdiano» 321
Tempo de Leitura: 1 minutos

O ro-pax ‘Dona Tututa’ foi apresentado na passada Quinta-feira na cidade da Praia, Cabo Verde – o navio reforça a transportadora CV Interilhas e permitirá aumentar a conectividade (de cargas e pessoas) entre ilhas. Jorge Maurício, vice-presidente do Grupo ETE – Cabo Verde caracterizou o ‘Dona Tututa’ como um navio «bem estruturado» e um «grande equipamento para o mercado cabo-verdiano».

O vice-presidente do Grupo ETE – Cabo Verde assegurou que o ‘Dona Tututa’, o mais recente reforço da empresa de transporte marítimo inter-ilhas, é um navio «bem estruturado para o mercado do arquipélago», não apenas para a vertente comercial, mas também por se encontrar idealizado e adaptado às infra-estruturas do país, podendo deslocar-se a todos os portos cabo-verdianos e utilizar os estaleiros navais do país.

‘Dona Tututa’ é «navio muito bem apetrechado», frisou Jorge Maurício

Grupo ETE Dona Tututa refit«É um navio muito bem apetrechado, que está totalmente renovado, com conforto para os passageiros, um salão totalmente novo, o que faz dele um grande equipamento para o mercado cabo-verdiano», denotou o Jorge Maurício, destacando também os aspectos de segurança. O responsável do Grupo ETE – Cabo Verde adiantou que a empresa – detida maioritariamente pelo grupo português – já equaciona apostar num terceiro navio próprio.

Contudo, Jorge Maurício salientou que, antes de concretizar esse tipo de aposta, é preciso criar um sistema de transporte marítimo de passageiros e mercadorias «bem organizado» em Cabo Verde, com navios, centro de logística e gares marítimas apropriadas, funcionando em sintonia total.

Fonte: RTP

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com