José Luís Cacho APS Sines

José Luís Cacho (APS) esperançado num estreitar de relações comerciais entre Portugal e Brasil

MarítimoComentários fechados em José Luís Cacho (APS) esperançado num estreitar de relações comerciais entre Portugal e Brasil309
Tempo de Leitura: 2 minutos

Na passada Sexta-feira (dia 24 de Abril), realizou-se a vídeo-conferência ‘Os Portos de Portugal em tempos de Covid-19’, programada pelo Fórum Nacional Brasil Export/Nordeste Export. José Luís Cacho, Presidente do Conselho de Administração do Porto de Sines e do Algarve (APS) e Presidente da APP, foi um dos participantes do encontro, exclusivo para os patrocinadores do Brasil Export e integrantes dos Comités Orientadores.

Ao abordar da crise pandémica provocada pelo novo coronavírus, José Luís Cacho expressou confiança no futuro, sem descurar, naturalmente, os efeitos negativos imediatos causados pelo vírus: Acredito que essa crise vai trazer momentos difíceis a curto prazo e a economia mundial vai sofrer, mas eu penso que a médio prazo vamos sair, quem sabe, até mais fortes. Devemos olhar para tudo isso como uma oportunidade. E oportunidade é criar coisas novas, diferentes, com valor, para várias economias», declarou o líder do Conselho de Administração da APS.

Outro dos focos da sua intervenção prendeu-se com a relação comercial entre Portugal e o Brasil, na qual a infra-estrutura portuária de Sines poderá ter um papel importante, ao abrir as portas do velho continente ao nosso país irmão, e, também. a toda a região da América do Sul. «Creio que essas economias vão aquecer nos próximos anos. O processo da globalização vai fazer com que cada um se especialize mais em seus potenciais naturais. Podemos criar um desenvolvimento fantástico para as economias do Brasil e Portugal», vincou José Luís Cacho.

«Temos um bom movimento de cargas para o Brasil, com uma linha semanal de contentores e outros tipos de cargas, como granéis líquidos. Eu diria que, dado esse fluxo e as possibilidades que nosso porto tem, pode ser uma oportunidade para as exportações brasileiras», afirmou ainda, analisando a relação entre o Porto de Sines e o mercado brasileiro.

Fonte: SOPESP

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com