Ana Abrunhosa

Ligação atlântica Lisboa-Porto-Vigo é «prioridade» para o Governo, assegurou Ana Abrunhosa

Terrestre Comentários fechados em Ligação atlântica Lisboa-Porto-Vigo é «prioridade» para o Governo, assegurou Ana Abrunhosa 330
Tempo de Leitura: 2 minutos

A ligação atlântica Lisboa-Porto-Vigo como a prioridade portuguesa para a rede ibérica de alta velocidade, vincou a Ministra da Coesão Territorial, no passado dia 23, juntando-lhe um alerta a Espanha: o Governo português não aceitará uma «solução imposta».

Intervindo no decorrer da segunda edição das ‘Jornadas Amizade‘, realizada em Vila Nova de Cerveira, no distrito de Viana do Castelo, Ana Abrunhosa frisou que esta prioridade ficou «clara» aquando da apresentação do Programa Nacional de Investimentos 2030 (PNI 2030), na passada Quinta-feira.

«A nossa prioridade não é a ligação entre Madrid e Lisboa», vincou Ana Abrunhosa

«A nossa prioridade não é a ligação entre Madrid e Lisboa. Porque de Madrid para Lisboa vamos de avião. Já temos ligação. A nossa prioridade, certamente, é o eixo atlântico, Lisboa, Porto e Vigo», declarou a governante, «A ligação de alta velocidade será a Norte, por Vilar Formoso, muito provavelmente. O que o Governo português não quer é que a solução seja imposta. Foi isso que transmitimos na cimeira ibérica», sublinhou ainda.

O discurso de Ana Abrunhosa encerrou o painel intitulado ‘Europa Sem Fronteiras: o papel da cooperação transfronteiriça na consolidação do projecto europeu’; a ministra frisou que o Governo espanhol «quase impôs» como prioridade para a alta velocidade a ligação entre as duas capitais. «No que toca à alta velocidade, o Governo do Reino de Espanha colocou-nos numa situação que não é fácil quando quase nos impôs a ligação entre Madrid e Lisboa, quando nós não temos como prioridade Madrid-Lisboa», explicou a governante.

Recorde-se que, no contexto do lançamento do novo Plano Nacional de Investimentos, o país irá investir mais de dez mil milhões de euros no sector até ao final da década. Durante a sessão de apresentação do Plano Nacional de Investimentos 2030 (PNI 2030), o Ministro das Infra-estruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, foi categórico ao abordar o investimento ferroviário em Portugal: «O tempo das auto-estradas terminou», declarou.

Fonte: Jornal Económico

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com