ferry

Ferry entre a Madeira e o continente será realidade no Verão de 2018

Marítimo Comentários fechados em Ferry entre a Madeira e o continente será realidade no Verão de 2018 1439
Tempo de Leitura: 2 minutos

O Executivo madeirense garantiu, segundo adiantou o jornal ‘Público’, que a ligação semanal entre a Madeira e o continente via ferry vai mesmo avançar a partir do segundo semestre do próximo ano. Existem, actualmente, 13 armadores interessados em integrar o projecto e o prazo para a apresentação de candidaturas para a concessão da linha de transporte regular de passageiros e mercadorias termina hoje, dia 18 de Dezembro.



O plural interesse na concessão existe mas, por si só, não garantirá o sucesso do concurso, lançado pelo governo madeirense no passado mês de Agosto; o interesse de armadores portugueses, como a Transinsular e a ENM, e de armadores estrangeiros, como a cipriota Matrix Marine, da italiana Grandi Navi Veloci, da grega Hellenic Shipping, da espanhola Naviera Armas e da alemã FRS foi real em Janeiro de 2016, não chegando contudo a ser concretizado aquando do concurso lançado pelo Executivo de Miguel Albuquerque.

Orçamento Regional compensará concessionária

À data, os interessados apontaram a sazonalidade do tráfego de passageiros e o baixo fluxo do mercado regional como pontos negativos que tornavam – sem compensação estatal – o projecto inviável em termos comerciais e financeiros. Esta segunda vaga, lançada em Agosto, pretendeu dar resposta aos entraves assinalados pelos armadores em 2016: do Orçamento Regional serão disponibilizados, anualmente, 3 milhões de euros para indemnizações ao armador que efective a ligação durante os três anos da concessão.

Para tornar a concessão mais atractiva, o Executivo prometeu disponibilizar um pacote de incentivos com mudanças nas taxas portuárias e um modelo capaz de fomentar a mobilidade, quer para passageiros, quer para automóveis. Mas as alternativas do Executivo não se ficam por aqui: «Se eventualmente o concurso ficar vazio, estamos já a pensar que medidas é que podemos adoptar», afirmou ao ‘Público’ o vice-presidente do executivo madeirense, Pedro Calado, reiterando ao jornal, no entanto, a confiança no sucesso do concurso.

Promessa feita: «No Verão do próximo ano teremos o ferry na Madeira», diz Pedro Calado

«Não está relacionado com taxas nem com acréscimo de custos para a região » explicou Pedro Calado; tais medidas adicionais, garantiu, poderão estar ligadas à «redefinição» de directrizes previstas no caderno de encargos. Mas, independentemente das circunstâncias, a garantia de Pedro Calado é final: em 2018, a ligação por ferry estará operacional – «Uma coisa podemos prometer, e vamos manter essa promessa; no Verão do próximo ano teremos o ferry na Madeira».



Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com