msc shipping dorian

Limites de NOx: «É expectável que os custos operacionais da MSC aumentem significativamente»

Marítimo Comentários fechados em Limites de NOx: «É expectável que os custos operacionais da MSC aumentem significativamente» 453
Tempo de Leitura: 2 minutos

Em comunicado, ao qual a Revista Cargo teve acesso, a MSC lembrou que as novas medidas da IMO para 2020 terão impactos directos nos custos operacionais da companhia, informando, na sequência dessa alteração, que irá «introduzir uma nova sobretaxa global de combustível, com vigor a 1 de Janeiro de 2019, para apoiar os clientes a planear o impacto do regime de combustível pós-2020».

Frisando que o seu objectivo centra-se na melhoria do «desempenho ambiental da cadeia de abastecimento do transporte marítimo de contentores», esforço que partilha com «agentes de navegação, expedidores, transitários e transportadores, assim como dos Governos, órgãos reguladores e público em geral», a MSC explicou que a transição para o novo paradigma de sustentabilidade impactará nos custos operacionais.

Custos operacionais subirão à medida que a MSC se prepara para o regime de combustível com baixo teor de enxofre

«É expectável que os custos operacionais da MSC aumentem significativamente à medida que nos preparamos para o regime de combustível com baixo teor de enxofre em 2020», afirmou a segunda maior companhia marítima do mundo no que ao transporte contentorizado diz respeito.

«A nova sobretaxa global de combustível da MSC irá substituir as taxas dos mecanismos de abastecimento existentes e reflectir uma combinação de preços de combustível nos portos de abastecimentos mundiais e custos específicos como tempos de trânsito, eficiência do combustível e outros factores relacionados com as transacções comerciais», explicitou a transportadora, lembrando que o custo das diversas mudanças efectuadas na frota e o abastecimento de combustível, superam os «dois mil milhões de dólares por ano».

MSC «comprometida na contribuição para os esforços globais de redução das emissões dos navios»

Ao operar «uma frota moderna e ecológica», a MSC assegura a persecucção de uma actividade «sustentável e responsável», subjugada às normas e «valores ambientais» vigentes. «A empresa está comprometida na contribuição para os esforços globais de redução das emissões dos navios e apoia plenamente o trabalho da IMO das Nações Unidas nesta área», garantiu a MSC. «Esperamos também que o plano de optimização da eficiência de energia, através de uma avaliação contínua das redes de rotas de comércio, ajude a limitar o uso de combustível e melhore a confiança no serviço».

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com