Lorenzo arrasou Porto das Lajes; será preciso projectar «um porto novo», diz Miguel Costa

Marítimo Comentários fechados em Lorenzo arrasou Porto das Lajes; será preciso projectar «um porto novo», diz Miguel Costa 297
Tempo de Leitura: 2 minutos

O arquipélago dos Açores foi fortemente atingido pelo furacão Lorenzo, e um dos principais visados foi o porto comercial das Lajes das Flores, o principal centro de abastecimento do grupo ocidental da região – na ressaca da passagem do Lorenzo, o porto ficou arrasado.

Segundo Miguel Costa, presidente da entidade Portos dos Açores, responsável pela gestão das estruturas portuárias açorianas, será mesmo necessário «projectar um porto novo». Deixando um rasto de destruição, o Lorenzo forçará o realojamento de mais de 50 pessoas. Entre as nefastas consequências está também a possibilidade de estar em risco o abastecimento das ilhas do grupo Ocidental, Flores e Corvo.

Em declarações ao jornal ‘Público’, Miguel Costa revelou que o porto, «que faz o abastecimento àquelas duas ilhas» ficou «todo destruído» na sequência da intensa ondulação verificada na manhã do passado dia 2 de Outubro. «O objectivo principal é conseguir o fornecimento do abastecimento às ilhas», declarou, descrevendo a situação como «gravíssima» e assinalando que se tratam de ilhas «onde não existem outros meios».

Furacão Lorenzo não deixou «outra hipótese»: há que construir «um porto novo»

No cais, o molhe de protecção foi fortemente afectado, o muro destruído, e o edifício das operações portuárias «literalmente desapareceu», relatou Miguel Costa. Entre os escombros da passagem do Lorenzo, resta agora analisar quais as estruturas que poderão ser reabilitadas, sendo certo, vincou que o grau de estragos provocados pelo furacão obrigará à projecção de «um porto novo», que custará «algumas dezenas de milhões».

Ao ‘Público’, Miguel Costa confirmou que «não há outra hipótese» que não a projecção de um novo porto. Sobre o financiamento da nova estrutura, o presidente da entidade Portos dos Açores afirmou ser «muito precoce para avaliar», tendo em conta que até «poderá ser decretada uma situação de emergência” para “fundos europeus, nacionais, ou só mesmo regionais».

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com