Lucros da FedEx caem 17% devido ao ciber-ataque ‘Petya’

EmpresasComentários fechados em Lucros da FedEx caem 17% devido ao ciber-ataque ‘Petya’339
Tempo de Leitura: 1 minutos

Os proveitos da companhia norte-americana FedEx caíram 17% face aos resultados apresentados durante o primeiro trimestre de 2017, revelou a referência empresarial logística na passada Terça-feira. A grande causa desta queda é, de acordo com a explicação da companhia, o ciber-ataque de que foi alvo nos últimos dias de Maio e que se prolongou durante as primeiras semanas de Junho, afectando fortemente os sistemas de informação da sua subsidiária TNT Express.

TNT Express: receitas e volumes transportados ainda abaixo do normal

Segundo explanou a FedEx, o ciber-ataque ‘Petya’ provocou vários atrasos nos processos de entrega de encomendas na Europa, facto que teve incontornável impacto nas contas da TNT Express e que não deixou de ter eco no desempenho da FedEx; a companhia explicou que, actualmente, a sua subsidiária encontra-se restabelecida do ataque, mas os lucros, receitas e os volumes de encomendas transportadas continuam ainda abaixo dos níveis anteriormente registados.

Em termos globais, a FedEx reportou lucros líquidos na ordem dos 596 milhões de dólares (e 2,19 dólares por acção) durante os meses de Junho, Julho e Agosto, um registo que fica aquém do período homólogo de 2016, no qual os lucros líquidos atingiram os 715 milhões de dólares (2,65 dólares por acção). As receitas subiram 4%, chegando aos 15,3 mil milhões de dólares, valor que, de acordo com as previsões, ficou um pouco aquém das pretensões da companhia.

 

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com