Consórcio MAIS Cargueiro

Consórcio MAIS anuncia, para Julho, ligação aérea de carga entre Lisboa e Ponta Delgada

Aéreo Comentários fechados em Consórcio MAIS anuncia, para Julho, ligação aérea de carga entre Lisboa e Ponta Delgada 413
Tempo de Leitura: 2 minutos

Do sucesso da Madeira para a aventura nos Açores: o consórcio MAIS (Madeira Air Integrated Solutions) passará também garantir uma conexão aérea diária para transporte de cargas entre Lisboa e Ponta Delgada. O primeiro voo está marcado para o próximo dia 3 de Julho.



Consórcio MAIS chega agora aos Açores – ligação Lisboa-Ponta Delgada marcada para 3 de Julho

Ao jornal ‘Público’, o CEO da ALS Portugal (que juntamente com a espanhola Swiftair e a companhia madeirense dedicada à logística Loginsular constituem a MAIS), António Beirão, afirmou que «a vontade é começar a operação a 3 de Julho, mas estamos ainda a negociar slots no aeroporto de Lisboa, e a ver se conseguimos reduzir as taxas aeroportuárias nos Açores». Ao que tudo indica, será um questão de (pouco) tempo até todas as barreiras estarem ultrapassadas.

Para executar a ligação entre a capital portuguesa e Ponta Delgada foi seleccionado o modelo ATR 72-300F, idêntico ao que assegura a linha Funchal-Lisboa – este fará cinco rotações por semana, estando apto para transportar cerca de cinco toneladas de mercadorias. Segundo revelou o ‘Público’, faltará definir se  os voos serão feitos de Segunda a Sexta-feira ou se os ciclos começarão na Terça-feira, findado no Sábado seguinte.

Chegada da MAIS aos Açores despoletada pelas exportações da ACPA

A chegada da MAIS aos Açores tem o dedo da Associação dos Comerciantes de Pescado dos Açores (ACPA), já que esta pretende saltar entraves e exportar para mercados como o japonês e o europeu – o papel da MAIS será assim fulcral para assegurar uma linha aérea de carga regular, cuja utilidade permitirá expandir a ambição da ACPA. «Além do pescado, vamos ter outros produtos do mercado de exportação que vão viabilizar a operação», desvendou ainda António Beirão.

O CEO da ALS Portugal revelou também que prevê uma «exploração mais equilibrada» que aquela que se sucede actualmente na Madeira – o avião de carga tem, explicou, voado com cerca de 75% da carga total na ligação entre Lisboa e o Funchal, ao passo que no sentido contrário não ultrapassa 70% da capacidade total.



Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com