man etge electricos acea

MAN eTGE: Versão eléctrica começa a ser produzida em série no mês de Julho

Veículos Comentários fechados em MAN eTGE: Versão eléctrica começa a ser produzida em série no mês de Julho 704
Tempo de Leitura: 4 minutos

A fabricante alemã MAN anunciou para Julho o início da produção em série da MAN eTGE, a versão eléctrica da novíssima TGE. O modelo completamente eléctrico assinala um importante passo da fabricante rumo às zero emissões nas áreas metropolitanas.



A nova MAN eTGE é apresentada pela MAN como resposta à procura futura para distribuição e transporte de carga em áreas urbanas, contando com uma autonomia para até 160 km e capacidade de carga entre 950 e 1.700 kg. Estará especialmente preparada para áreas urbanas, disponível em 3,5 ou 4,25 toneladas.

A resposta da MAN para os desafios urbanos

Em comunicado, a MAN salienta o seu trabalho dos últimos dez anos no desenvolvimento de conceitos para transporte em área urbana, estando ciente de que «cada vez mais as cidades enfrentam o desafio de conciliar um ambiente saudável com as exigência de qualidade de vida dos seus habitantes, e ainda com o transporte e entrega de bens em centros urbanos».

Ora, segundo a MAN, este problema implica o desenvolvimento de ideias para reduzir o trânsito em alturas específicas e colocá-lo fora da cidade, novas abordagens para a utilização de terrenos, e novos conceitos de transporte e propulsão. Neste âmbito, a MAN Truck & Bus colocou em prática uma série de ideias e estudos de anos recentes, dos sectores de camiões e autocarros.

O desenvolvimento consistente destas ideias permitiu agora o inícios das vendas do primeiro veículo totalmente eléctrico produzido em série pela MAN, a eTGE.

Autonomia de 160km permite cobrir três quartos do transporte no centro urbano

Em relação à autonomia de até 160km da nova MAN eTGE, a fabricante recorda que cerca de 70% dos veículos comerciais ligeiros utilizados em áreas urbanas percorrem menos de 100km por dia, em média, com uma média de
velocidade também reduzida. Tendo isso em consideração, a MAN defende que a autonomia teórica do veículo de até 160km permite cobrir cerca de três quartos do transporte no centro urbano.

Mais cedo ou mais tarde, tal como aconteceu com os telemóveis, será completamente normal ligar um veículo eléctrico à tomada para o carregar – normalmente durante a noite. Os tempos de carregamento variam. Uma estação de carga de 40 kW carrega a bateria até 80% em 45 minutos.

A MAN eTGE fica na máxima capacidade operacional após cinco horas e meia ligada a um carregador. São necessárias cerca de nove horas para atingir a carga completa com 220V AC. Com manutenção adequada, as baterias recarregáveis de 36 kWh perdem apenas 15% da sua capacidade após dez anos e cerca de 2,000 ciclos de carregamento. Especialmente porque os módulos individuais de seis ou doze células podem
ser substituídos separadamente. Os módulos são colocados por baixo do chão ligeiramente elevado, tal como acontece nas versões de carroçaria com tracção traseira com motores a diesel.

A escolha para a TGE eléctrica com tracção dianteira foi um motor síncrono com 100 kW de potência máxima. Possui um binário de 290 Nm com disponibilidade imediata, que também pode ser utilizado para qualquer velocidade, o que assegura uma operação ágil. Em combinação com a velocidade máxima de 90 km/h, o consumo de combustível é de cerca de 20 kWh por cada 100 km.

À semelhança da capacidade de carga, os sistemas de assistência também não foram afectados pela tecnologia eléctrica. A eTGE possui uma vasta gama de equipamento de série, incluindo sistema de navegação, pára-brisas aquecido e outras funcionalidades que tornam a condução mais simples e segura. Naturalmente, como com todas as TGE, o sistema de assistência à travagem de emergência (EBA) vem instalado de série.

Custo a rondar os 69.500 euros

Na fase inicial, a MAN eTGE pode ser encomendada com distância entre eixos normal e tecto alto. A linha de produto é principalmente direccionada para clientes com frotas, com a oferta de um conceito de serviço adaptado às suas necessidades. Os primeiros pedidos e contratos de venda para a MAN eTGE já foram feitos, e esta terá um custo que ronda os €69,500.

As primeiras carrinhas eléctricas da MAN serão usadas inicialmente nas áreas metropolitanas da Alemanha, Áustria, Bélgica, França, Noruega e Holanda.



Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com