MARÉ mantém rota de crescimento pelo quarto trimestre consecutivo

Logística Comentários fechados em MARÉ mantém rota de crescimento pelo quarto trimestre consecutivo 265
Tempo de Leitura: 2 minutos

O Mercado Abastecedor da Região de Évora (MARÉ), que integra o Grupo SIMAB, integrada no universo Parpublica, tutelada pelos Ministérios das Finanças e da Economia, reportou, durante o exercício do quarto trimestre de 2019, um aumento do seu volume de negócios, face ao período homólogo, em 17,1 milhares de euros (+2,1%), de acordo com o Relatório de Execução Orçamental agora aprovado.

Neste quarto trimestre de 2019, anunciou o MARÉ, «o EBITDA ascendeu a 478,1 milhares de euros, acima do quarto trimestre de 2018 em 129 milhares de euros, ou seja mais 37%. Este desvio favorável é apurado pelo efeito conjugado de um aumento nos rendimentos operacionais e redução dos gastos operacionais», pode ler-se no comunicado, ao qual a Revista Cargo teve acesso.

MARÉ reforça «solidez» financeira

Em termos acumulados, o rendimento core, as taxas de utilização, que representa 87% da estrutura de rendimentos, ascendeu a 723,7 milhares de euros, apresentam-se em linha com o previsto e registam um acréscimo de 59,2 milhares de euros (+8,9%), face a 2018. No que se refere à actividade comercial, o documento salienta o aumento da taxa de ocupação no Pavilhão dos Entrepostos, com a taxa de ocupação a 100%, bem como uma tendência de crescimento das boxes no Pavilhão do Mercado, face a 2018.

Os gastos operacionais (cash) situam-se abaixo em 100 milhares de euros (-22%) e 11,4 milhares de euros (-3%), quando comparados com o quarto trimestre de 2018 e com o previsto no Plano de Actividades e Orçamento, respectivamente. «A MARÉ, SA apresenta assim margens operacionais positivas de 57% e 40%, respectivamente ao nível do EBITDA e do EBIT», salienta a missiva, frisando que, no ano passado, os gastos operacionais (FSE’s e Gastos com Pessoal) representam 39,2% do volume de negócios, abaixo do registado no mesmo período do ano anterior em 2,6 pontos base.

«À data de 31 de Dezembro de 2019, a MARÉ, SA não apresenta qualquer valor de dívida financeira», sublinha ainda o comunicado, vincando que os capitais próprios «ascenderam, em 31 de Dezembro de 2019, a 4.921,8 milhares de euros e correspondem a 78% dos capitais totais aplicados na empresa (activos), autonomia financeira que reforça a sua solidez». O resultado líquido ascendeu ao montante de 289,2 milhares de euros, acima em 128,4 milhares de euros (+79,9%), face ao registado em 2018.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com