medway e4000

Medway aumentou para 86% quota-parte do transporte total de mercadorias por via ferroviária

Empresas, Terrestre Comentários fechados em Medway aumentou para 86% quota-parte do transporte total de mercadorias por via ferroviária 321
Tempo de Leitura: 2 minutos

No decorrer de 2018, a Medway aumentou para 86% a sua quota parte do transporte total de mercadorias por modo ferroviário, sendo o maior operador na generalidade dos grupos de mercadorias, relatou a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT). Neste segmento é de realçar o aumento de 65% no transporte de contentores e uma redução de 39% no transporte de coque e produtos petrolíferos refinados.

Medway aumentou a sua quota nacional em 2018

No documento que sintetiza o ‘Ecossistema Ferroviário Português‘, no qual o organismo procedeu à análise dos principais indicadores de desempenho do sector ferroviário em 2018 relacionados com a evolução da oferta e da procura de transporte de passageiros e de mercadorias, a qualidade do serviço, a evolução dos preços, a sua vantagem comparativa em termos de sustentabilidade ambiental e o balanço da situação económico-financeira do sector, verifica-se que a evolução do transporte ferroviário em Portugal deixa, cada vez mais, a Medway no trono.

Takargo com maior expressão no transporte de fileira de madeira e pasta de papel

A AMT refere que a Takargo «apresentou uma maior expressão no transporte de mercadorias da fileira da madeira e pasta de papel e dos produtos das indústrias extractivas». No documento, a AMT refere que Portugal é dos poucos que tem o mercado de transporte ferroviário de mercadorias 100% privado, quando comparado com outros países europeus. Levando em conta a análise do período 2016-2018, as toneladas transportadas mantiveram-se constantes, tendo existido, no entanto, um aumento das distâncias percorridas (+9,8% em TKm);

Para a elaboração desta síntese, explicou a AMT aquando da divulgação do documento, procedeu-se à análise dos principais indicadores de desempenho do sector ferroviário em 2018 relacionados com a evolução da oferta e da procura de transporte de passageiros e de mercadorias, a qualidade do serviço, a evolução dos preços, a sua vantagem comparativa em termos de sustentabilidade ambiental e o balanço da situação económico-financeira do sector. Para um conjunto de indicadores relacionados com a infra-estrutura ferroviária e com o transporte de passageiros e mercadorias são apresentados dados de benchmarking com outros países europeus.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com