camiões transporte rodoviário ACEA ecotaxa contrato antram

Mercado automóvel registou perdas de -41,2% entre Janeiro e Agosto devido à pandemia

Terrestre, Veículos Comentários fechados em Mercado automóvel registou perdas de -41,2% entre Janeiro e Agosto devido à pandemia 234
Tempo de Leitura: 1 minutos

A pandemia colocou um travão – a fundo – no mercado automóvel – os números da ACAP confirmam-no. Entre Janeiro e Agosto de 2020, o mercado sofreu uma queda de -41,2% face ao mesmo período do ano anterior. Ainda assim, Agosto já permitiu denotar alguns sinais de recuperação.

Mercado automóvel mostrou sinais de recuperação em Agosto

Os dados avançados pela ACAP (Associação Automóvel de Portugal) indicam que as perdas em Agosto limitara-se a -0,1% (correspondente a 12.417 veículos matriculados) que no mesmo mês de 2019, o que prova a retoma assinalável depois de vários meses de perdas homólogas avultadas. No entanto, a categoria de ligeiros de mercadorias denotou ainda uma descida considerável de -40,5% (1960 matriculações).

Nos pesados de mercadorias, a descida homóloga referente ao mês de Agosto fixou-se nos -2,8% (274 veículos matriculados). No cômputo global, as perdas face a 2019 ficaram-se pelos -8,6%, com um total de 14662 veículos matriculados no oitavo mês do ano. Se olharmos para os oito meses, foram matriculados, somando todos os segmentos, 110764 veículos, uma quebra de -41,2% face ao período Janeiro-Agosto de 2019.

No segmento dos ligeiros de mercadorias, a descida homóloga fixou-se nos -36,7%, tendo sido matriculados apenas 16111 veículos, reportou a ACAP; nos pesados, quer de cargas quer de passageiros, as perdas foram ainda mais avultadas: nos de mercadorias, a descida foi de -39,6% (1886 matriculados), ao passo que no segmento de passageiros, a queda foi de -39,1% (293 matriculações).

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com